Arquivo da tag: RISC OS

O RISC OS agora é software livre

Quando vocês estiverem lendo isso, a RISC OS Open e a RISC OS Developments já devem ter oficialmente anunciado na RISC OS London Show que agora o RISC OS é software livre, licenciado sob a licença Apache 2.0.

Para comemorar, o RISC OS, já na sua primeira versão de código aberto, volta ao NOOBS, agora finalmente suportando o Raspberry Pi 3.

Aliás, podiam liberar as versões anteriores, né? Os Acorn Archimedes agradeceriam… 🙂

Episódio 88 – DOOM – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Bem-vindos ao episódio 88 do Retrocomputaria.

Sobre o episódio

DOOM, caramba! E precisa de mais?

Nesta parte do episódio

Visão geral sobre FPS, id Software, UAC, Marte, shareware, LAN party, WAD, sucesso, trilha sonora, Trent Raznor, WASD, controvérsias, versões oficiais.

Links do podcast

Música de fundo

Trilha sonora para você rodar DOOM e matar demônios enquanto ouve este podcast.

Outras formas de ouvir

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Sophie Wilson e algumas (muitas) palavras sobre o ARM

Uma entrevista em três partes feita pela ARMdevices.net com nada mais nada menos que a criadora do conjunto de instruções (a.k.a. o assembly) dos processadores ARM.

Por si só já seria um motivo para publicarmos aqui, mas acontece que a entrevista foi gravada no Museu de História da Computação em Cambridge/UK e além de ter um desmanche de Acorn Archimedes há uma pequena aula de assembly em um RiscPC e vários coadjuvantes (clássicos) ao fundo.

Continue lendo Sophie Wilson e algumas (muitas) palavras sobre o ARM

Versão nova do RISC OS

Riscos_logo_genericA ROOL (RISC OS Open Limited) tem o prazer de anunciar a nova versão estável do RISC OS, a 5.22, com uma quantidade considerável de modificações. Além do suporte inicial à plataforma OMAP4, foram 453 alterações aplicadas na plataforma Tungsten, 484 na OMAP3 e 423 na IOMD. Mas alguns dirão que isto não é retro! Será?

A plataforma Tungsten é usada pelos IYONIX da Castle Technology (é a herdeira da divisão de RISC OS da Acorn Computers, mas não é retro!), a OMAP3 é a plataforma do ARMini (que realmente nada tem de retro!) e, claro, o IOMD é a plataforma deste sujeito aqui…

Continue lendo Versão nova do RISC OS

RISC OS Pico: a experiência moderna de bootar no (BBC) BASIC

pico-cardNós falamos do RISC OS Pico assim, meio de passagem, quando falamos dos 50 anos do BASIC: uma versão mínima do RISC OS para Raspberry Pi, que boota diretamente no BBC BASIC V, e que vem de bônus com diversos exemplos E o livro completo “First Steps in Programming RISC OS Computers”, de Martyn Fox.

Faltava a oportunidade de testar… e a oportunidade apareceu, lá fui eu descompactar o conteúdo em um cartão SD formatado em FAT1 e ligar a pequena framboesa.

Raspberry Pi bootando RISC OS PICO no BBC BASIC
Raspberry Pi bootando RISC OS PICO no BBC BASIC. O modelo é o B original, de 256MB. O vídeo é composto mesmo (HDMI não é retro o suficiente). Prometo que da próxima vez coloco dentro de um teclado em vez de botar uma caixinha dessas.

Se o objetivo da RISC OS Open era recriar a experiência dos home computers, conseguiu: o boot é bem ligeiro e vai direto no interpretador BASIC, esperando suas ordens em linhas de comando2.

Continue lendo RISC OS Pico: a experiência moderna de bootar no (BBC) BASIC