Arquivo da tag: fita cassete

MSX CAS Packager

Ainda há pouco falamos sobre o CASDuino, uma solução para carregar programas em fita cassete no MSX (formato CAS). Então, se você tem interesse em lidar com arquivos no formato CAS, existe o MSX CAS Packager. Essa ferramenta é de linha de comando, tem versões para Windows e Mac OS X e foi escrita em Rust. Ela permite:

  • Listar o conteúdo dos arquivos CAS.
  • Adicionar arquivos a um arquivo CAS.
  • Extrair arquivos de um arquivo CAS.
  • Exportar o arquivo CAS para um arquivo no formato WAV.

Interessado? Clique aqui para conhecê-lo.

CASDuino

Eu confesso a vocês que não tenho nenhum apreço por fitas cassete, enquanto dispositivo de armazenamento de dados: Quando comprei meu primeiro drive de disquetes, quase arremessei o gravador cassete pela janela. Nem os dois anos de convivência me fizeram querer continuar com ele. Só não o fiz por ter grades no caminho… Guardo apenas duas fitas cassete comigo, como lembrança histórica. O resto (inclusive o gravador) foi doado.

Logo, a notícia do CASDuino não me empolgou muito, mas a história é interessante, e está relatada em detalhes no MSX Resource Center. Basicamente é um dispositivo que funciona como um gravador cassete, com a diferença de que ele toca arquivos digitais no formato .CAS, armazenados em um cartão micro-SD, e pode ser alimentado por uma porta mini-USB ou um adaptador DC de 6v a 9v (eu tenho um MSX que funciona com 9 volts!). O CASDuino funciona com MSX, ZX-80/81, Amstrad CPC, TRS-80, Dragon e por aí vai. Se você tiver interesse, saiba que ele foi exposto no encontro de Nijmegen, e você pode adquirir na lojinha online.

 

Episódio 83 – Dispositivos de Armazenamento – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Bem-vindos ao episódio 83 do Retrocomputaria.

Sobre o episódio

Fitas, discos e tudo o mais que pode armazenar dados e programas dos nossos micros.

Nesta parte do episódio

Depois de nos perguntarmos (e respondermos) porque armazenamos coisas, falamos de fitas e cartões perfurados, de cadernos (!), de fitas magnéticas e fitas cassete e assemelhados, e de discos flexíveis e disquetes e interfaces.

Links do podcast

Música de fundo

Disquetes, cassetes e tudo o mais que está armazenando informação mas esquecemos agora de citar.

Outras formas de ouvir

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Repórter Retro Nº 021

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 21
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 83 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas sortidas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Repórter Retro Nº 016

O Seu Repórter RetroBem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro.

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

O Grande Projeto de Restauração de Fitas de SC-3000

Começa assim:

  1. Eu consigo comprar um Sega SC-3000 bem mais barato do que eu teria direito na conjuntura atual;
  2. Compro alguns cartuchos (mais sobre isso num futuro momento) e me divirto;
  3. Acho uma comunidade online, onde fico sabendo de um neozelandês gente boa Continue lendo O Grande Projeto de Restauração de Fitas de SC-3000

Tape Extender, do C64.

E tome fita cassete. O Marcus Garrett comprou uma Tape Extender, uma interface que liga na porta de cassete do Commodore 64 e liga na interface 1541 Ultimate-II. A ideia é que a interface substitua o gravador cassete do C64, trazendo imagens de fitas cassete (arquivos .TAP) em um pendrive, e sendo lidos de lá.

A vantagem é clara: Nada mais de fitas cassete estragadas, amassadas, mofadas etc., e programas que não rodam por diversos motivos. Com a Tape Extender, tudo roda na primeira tentativa.

Ficou animado? Então separe € 107,40 pela 1541-U-II, mais frete. Quiser pegar as imagens de fitas cassete, este aqui é um bom repositório de imagens de fitas. Aqui embaixo tem outro vídeo, com um carregador de jogo que contém um jogo também! Ou seja, recursividade.

Algumas fotos estão aqui embaixo:

Extender01 Extender02 Extender03

Carregando rápido a partir de uma fita cassete.

Honestamente, fita cassete para mim só tem um jeito de ser acelerado, e é a 9,8 m/s2. Mas nosso parça Marcus Garrett manda-nos um comentário a respeito de algumas fitas que ele trouxe da sua viagem á Inglaterra, Vamos ao que ele disse:

Aproveitei hoje para testar os cassetes da coletânea “The Collected Works”, com jogos da Ultimate Play The Game que eu trouxe da Inglaterra na bagagem, e me deparei com um tipo de carga bem bacana e em alta velocidade. Fiz este vídeo da carga de JetPac (é rapidinho, tem pouco mais de dois minutos) para demonstrar, está aí em cima.
Cada jogo tem a tela de apresentação carregada de uma forma diferente (ora de cima para baixo, ora como um mosaico, ora de lado etc.) e há sempre um conta-giros, o que facilita bem. Jogos que normalmente levariam de 5 a 10 minutos, carregam de 2 a 5, só que o gravador tem que estar bem ajustadinho, caso contrário, dá erro. Na verdade, de 11 jogos, 9 rodaram em meu +2 cinza. Os que não rodaram apresentam um amassadinho nas fitas bem nas respectivas partes.
Curioso, não?