Arquivo da tag: console

Agora o Amiga 500 ganhará uma versão mini.

A onda dos mini consoles andava meio calma. Depois do  Atari FlashbackTHEC64 MiniNES Classic Edition, do SNES Classic Edition, do NEOGEO Mini, do (ZX-Spectrum) Vega+, do PS1 Mini e do PC-Engine Mini, parecia que nada mais viria nessa linha. Quer dizer, poderia ter um MSX mini, mas com qual gabinete?

Mas a Retro Games, a mesma que lançou o THEC64 Mini e sua versão em tamanho natural, THEC64, decidiu que é hora de lançar uma versão mini do Amiga 500. Pois então, está vindo aí o TheA500-mini.

Esta versão em miniatura é (claro) um emulador que virá com 25 jogos do Amiga para você jogar, entre eles Alien Breed, Another World, Chaos Engine, Simon the Sorcerer e Worms. Por enquanto a lista tem 12, os outros 13 depois serão anunciados.

O emulador rodará jogos para as arquiteturas ECS/OCS/AGA, ou seja: A500, A600 e A1200. Será possível salvar o jogo e voltar do ponto onde parou, saída em 720p, filtro CRT (para quem gosta de scanlines, o que não é o meu caso), teclado virtual mas com suporte a teclado USB…

E assim como com o THEC64 Mini, é possível carregar jogos a partir de um pendrive, com suporte ao WHDLoad. Ele vem com uma réplica de um mouse Amiga de 2 botões e um joypad do CD32 (sssh, não espalha).

Antes que vocês se animem, o preço deverá ser em libras, já que a Retro Games é da terra dos súditos da rainha. E ainda não foi anunciado. Então, aguardemos.

Episódio 113 – Philips na computação clássica – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Bem-vindos ao episódio 113 do Retrocomputaria.

Sobre o episódio

Queríamos fazer um episódio sobre a chave Phillips e o Leite de Magnésia de Phillips, mas este é um podcast sobre retrocomputação, então nos restou fazer um episódio sobre as aventuras retrocomputacionais da Koninklijke Philips N.V.

Nesta parte do episódio

Depois daquela geral da história da empresa, entramos no que nos interessa: computadores.
Falamos das primeiras experiências da Philips Telecommunicatie en Informatie Systemen, mais conhecida como Philips Computers, primeiro com computadores de uso interno (PETER, STEVIN, PASCAL) e depois, já no mercado, o P354 (um Visible Record Computer) e os minicomputadores P800, passando por rebranding da Honeywell.

Antes que nos perguntassem, demos uma parada para falar de consoles de Eindhoven, desde os clones de Pong até o Odyssey/Videopac.

Voltamos aos computadores: P330, P320, série P5000, P2000T, P2000M, P2000B/P2500, P2000C, P3500 Office Micro System, P3000, P5000, P5040, P5010, P5020, Videowriter 4460, sei lá, já me perdi…
…ainda bem que apareceu os Philips VG, começando pelo VG-5000.

Links do podcast

Música de fundo

Músicas com PSG e OPL1

Ouvindo este episódio offline

Baixe o ZIP, descompacte e ouça com seu tocador de música preferido.

Onde este episódio (e todo o Retrocomputaria) está disponível

Os episódios do podcast estão, como todo o conteúdo do Retrocomputaria, em muitos lugares: Spotify, YouTube, Google Podcasts, Apple Podcasts, Deezer e, usando nosso feed RSS, qualquer programa para escutar podcasts.

Seu comentário é o nosso salário

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Super A’Can o console de Taiwan

A segunda parte da promessa feita no último episódio, a história (detalhada) do Super A’Can, o console taiwanês de vida curtíssima lançado pela Funtech no ano de 1995 e com apenas doze títulos lançados. O vídeo é de autoria de KWL, o Low Score Boy, e apresenta tudo o que ele sabe/conseguiu apurar sobre o equipamento (tradução e narração em inglês são de autoria do Johnson Lin).

Então prepare a pipoca, ajeite as almofadas e prepare-se para quase 40 minutos de muita informação!

24 anos (e 2 semanas) do Sega Saturn

Deixamos escapar essa, mas no dia 22 de novembro último comemoramos o lançamento de um dos consoles mais bem sucedido da Sega, o Sega Saturn. Ele só não foi mais bem sucedido por um detalhe, chamado Sony Playstation. É uma máquina interessante, PESADA e com muitos jogos bacanas em 2D, além de uma incipiente biblioteca 3D. Mas não iremos entrar nas explicações a respeito desse console, vamos apenas deixar um link para um vídeo com os melhores jogos do Saturn.

Zemmix, a família.

Falamos há alguns dias sobre Zemmix Neo, Zemmix Mini e outros. Mas, e os Zemmix “originais”? Falamos sobre eles no episódio sobre a Ásia. Mas se você quiser refrescar a memória a respeito dessas raridades (no Ocidente), o Konamito fez um post (antigo) no seu blog (sempre bacana) mostrando os 6 modelos produzidos, com fotos e textos a respeito. Afiem o espanhol e boa leitura!