Arquivo da tag: Anos 70

A Computação Brasileira, ameaçando começar mas batendo na trave

As coisas que você descobre passeando ao acaso em repositórios de publicações antigas. No número 82 da Revista Saber Eletrônica, de junho de 1979, esbarro com este artigo:


Eu poderia ficar aqui discorrendo sem fim sobre as implicações sociológico-histórico-culturais da ilustração, mas vou me conter e só falar um pouco da máquina e do fabricante.
Continue lendo A Computação Brasileira, ameaçando começar mas batendo na trave

Mosca Branca do dia: MPT/100 microNOVA

Aí tou vendo as postagens no grupo Retrocomputing do fêissi e alguém posta este anúncio. Mais anos 70, impossível.


Eu diria que este anúncio é muito cringe, já que os anos 70 eram cringe.
Mas chamar as coisas de cringe é muito cringe, então não vou chamar de cringe.

Fiquei curioso, não sabia que a Data General tinha transformado o mini deles em microcomputador. Fui ler a respeito. Mais uma de muitas tentativas fracassadas de fabricantes de computadores de grande/médio porte se aventurarem nos primórdios da microinformática. O microprocessador se chamava mn602*, foi clonado por algumas empresas, incluindo a Fairchild, e… teve processinho envolvido. Esse pessoal realmente não sabe brincar.

Fuçando mais um pouco acho um site britânico dedicado à arquitetura NOVA e o camarada tem um MPT/100 original, inteiro! Só que ele não completou o Rise From Your Grave, tá parado há dois anos e meio. As fotos a seguir são só uma pequena amostra, na página do inglês tem um montão a mais e algumas informações históricas interessantes.
Continue lendo Mosca Branca do dia: MPT/100 microNOVA

Site maneiro do dia: DQSoft

Gosta de ler crônicas da Era Selvagem da informática tupiniquim? Claro que gosta, senão não estaria lendo isto aqui neste momento. Pois então. Daniel Quadros é hacker de raiz, trabalhou na Scopus, e para nossa alegria deu-se ao trabalho de contar todas as histórias da época que ele viveu ao vivo e a cores.

Aqui, por exemplo, o Daniel fala de um software de comunicação de dados genuinamente nacional para MS-DOS no qual ele trabalhou em 1986. Essa história em particular está sendo contada neste momento. (Ela continua aqui, aqui e aqui.)


Vai lá. Te garanto que se você gosta deste site vai gostar desse, e vice-versa.