Mosca Branca do dia: Interact Home Computer

Máquina de 1978, com processador Intel 8080, 2 KB de ROM, 16 KB de RAM, e sem sequer BASIC na ROM — tem que ser carregado de fita. Adquirida por um membro da comunidade Retrocomputers do Facebook em Portland, Oregon. Detalhe: veio com fitas e manuais — dos quais não há cópia digitalizada em lugar nenhum! Naturalmente, pedi ao comprador que escaneasse. Espero que ele se sensibilize com o pedido.

UPDATE: Se necessário for, eu tenho um tarficante de dorgas pesadas em Portland disposto a ajudar. Por Júpiter, será que os bons tempos estão voltando?

(Via)

Sobre Juan Castro

Juan Castro é uma das mentes em baixa resolução que cometem o Retrocomputaria – a única cujo Micro Formador não foi o MSX (e sim o TRS-80). Idealizador, arquiteto e voz do Repórter Retro. Com exceção do nome, que foi ideia do Cesar.

6 pensou em “Mosca Branca do dia: Interact Home Computer

  1. Bem interessante! Quando fui ver as especificações fiquei impressionado que ele tem gráficos coloridos mas a resolução é bem baixa, e também o fato de não ter BASIC em ROM como era costume na época. Pelos meus cálculos o BASIC que era carregado de fita devia levar entre 1m30 e 2m para carregar (12kBytes a 1500 bauds). Não é muito tempo mas tenho certeza de que ficaria tedioso rapidinho.

    1. Deve ser possível fazer um hack pra inserir uma ROM num espaço de endereçamento não usado e carregar o BASIC dali em vez da fita. Talvez aproveitando a mesma conexão da expansão de RAM.

  2. Se o refresh funciona por recirculação (patinho feio usava) basta verificar se consegue sincronizar a carga com elemento externo, e meter o esquema da byte (estilo MC-1000) pra ressetar e dali carregar o PC direto pelo databus, digamos C3-C3-FF.

  3. Fiquei curioso com os joysticks que parecem ter um paddle no topo da alavanca.

    (e o lugarzinho para guardar as fitas mais queridas rs)

Os comentários estão fechados.