Arquivo mensais:novembro 2018

Repórter Retro 043

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos à edição 043 do Repórter Retro.

Links do podcast

Música de fundo

Músicas sortidas

Outras formas de ouvir

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

MSXSP, para fechar o ano em termos de encontros MSXzeiros!

Aí sim, fomos surpreendidos novamente!

Zagalo.

E o nosso amigo Daniel Ravazzi surpreende a todos, organizando um encontro de usuários MSX em São Paulo! É bem verdade que já houveram outros encontros na Paulicéia Desvairada, mas não de forma constante. Esperamos firmemente que agora que este encontro possa ser definitivamente adicionado no calendário dos encontros MSXzeiros brasileiros.

Mas então, quando será? O que vai ter lá? Quem vai? Maiores informações…

Continue lendo MSXSP, para fechar o ano em termos de encontros MSXzeiros!

Porque a produção de jogos homebrew não pára!

  • Começamos esse post com o pré-lançamento do jogo Prisoner of War, para MSX 1. Produção espanhola, do criador do jogo Ghost, música dos compositores WYZ e Gryzor87 (tudo fudeba), disponível em inglês e espanhol. Você pode optar por receber pelo Correio ou buscar na 54a RUMSX, em Barcelona, que será em 19 de janeiro de 2019. Clica na imagem aí do lado para ver mais informações no MSX Resource Center. Dica: Tem um link pra um vídeo de 5 minutos de gameplay.
  • Para o povo do Spectrum, está saindo o Old Tower, um jogo feito pela mesma equipe que fez jogos como TWINLIGHT, TOURMALINE, LIRUS, MULTIDUDE, ALTER EGO… Sim, é o povo da RetroSouls. O jogo é bem colorido, e é de plataforma: Você é um pequeno explorador e que deve subir uma torre cheia de armadilhas e morcegos. Armas? Não, a princípio não. Escale a torre, e seja rápido. Maiores informações no Indie Retro News.
  • E pra fechar por hoje, Space Moguls, para o Commodore 64. E este é algo raro na plataforma da empresa de Jack Tramiel, um jogo de estratégia em turnos. Podemos resumí-lo como uma homenagem hoje ao clássico M.U.L.E.. Criação do Carl Henrik Skarstedt e da Protovision, nesse jogo temos até 4 jogadores como participantes de uma competição onde eles são enviados para a colonização de um novo planeta. Todos vão com o mínimo de recursos, e seu objetivo é… Ficar rico. Serão 8 jogadores diferentes, com 4 planetas a serem escolhidos. Maiores detalhes no Vintage Is The New Old.