CASDuino

Eu confesso a vocês que não tenho nenhum apreço por fitas cassete, enquanto dispositivo de armazenamento de dados: Quando comprei meu primeiro drive de disquetes, quase arremessei o gravador cassete pela janela. Nem os dois anos de convivência me fizeram querer continuar com ele. Só não o fiz por ter grades no caminho… Guardo apenas duas fitas cassete comigo, como lembrança histórica. O resto (inclusive o gravador) foi doado.

Logo, a notícia do CASDuino não me empolgou muito, mas a história é interessante, e está relatada em detalhes no MSX Resource Center. Basicamente é um dispositivo que funciona como um gravador cassete, com a diferença de que ele toca arquivos digitais no formato .CAS, armazenados em um cartão micro-SD, e pode ser alimentado por uma porta mini-USB ou um adaptador DC de 6v a 9v (eu tenho um MSX que funciona com 9 volts!). O CASDuino funciona com MSX, ZX-80/81, Amstrad CPC, TRS-80, Dragon e por aí vai. Se você tiver interesse, saiba que ele foi exposto no encontro de Nijmegen, e você pode adquirir na lojinha online.

 

3 comentários sobre “CASDuino

  1. Se não tiver regulagem de azimute (aquele parafusinho preso ao cabeçote do gravador) que precise ser refeita para cada novo carregamento, transmissão à 1200 bauds (5 minutos de carregamento para um jogo típico de 8 bits) e uma rotina que de vez em quando interrompa um em cada quatro ou cinco carregamentos na metade ou mesmo no último instante da carga e te obrigue a fazer tudo novamente então eu não quero! Se é pra simular aquela experiência tem de ser EXATAMENTE como ela era…rsrsrs

  2. Mas não tem um monte de aplicativo para celular que faz isso ? Como o tapdancer e o MSX2CAS ?

    O Trucco tinha feito um desse um tempinho atrás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *