Placa de MSX para Apple IIe

Não contente em recriar placas de som para computadores Apple II o Ian Kim resolveu clonar uma Z-80 SoftCard mas ao invés de fazer uma placa que só rodasse CP/M ele decidiu fazê-la se comportar como se fosse um MSX. Assista ao vídeo e comprove!

A história do desenvolvimento dela e com direito a várias fotos de jogos de MSX, da placa e até do simpático “gamepad” que ele construiu você encontra nas mensagens que ele publicou no fórum Tistory (alguma coisa em coreano) e também no Google Groups.

Nem tudo são flores, não são todos os jogos que funcionam bem já que o Z80 está rodando a ~2MHz, ele já implementou suporte a teclado (no caso PS/2) e tudo isso sem tirar a funcionalidade padrão de rodar CP/M.

E como ele mesmo escreveu… “não é só pra jogar mas para curtir o MSX”.

6 pensou em “Placa de MSX para Apple IIe

    1. Hahahahaha! É verdade, “Tabajara”! 😀

      Mas em tempos em que existem tantos bons emuladores por software, para tantos sistemas diferentes (muitos mais sofisticados que o MSX), até que uma placa dignifica o querido e lendário MSX! 🙂

  1. Partindo do princípio que esta placa é na verdade um micro MSX completo, isolado, independente e que não “coexiste” simultaneamente com o Apple então não entendo porque o clock do MSX foi “abaixado “para 2 MHz??!! Isto só faria sentido se os dois sistemas estivessem compartilhando memórias e barramentos para periféricos mas pelo que li não é este o caso…intrigante!

    1. A “placa” inicialmente era uma SoftCard para rodar CP/M, daí o Z80 fica no frequência de operação da máquina hospedeira — pois é nos Apple II o 6502 está a 1MHz mas o “sistema” vive a 2MHz 🙂 — mas ele já mexeu e colocou o Z80 rodando a 3,54MHz (atualização de hoje 27/04).

      O jeito é acompanhar as postagens do autor e ver no que o projeto se transformará.

      1. Interessante! Então ele pegou uma placa de CP/M para Apple e adicionou os processadores, lógica digital e memórias próprios do padrão MSX “por cima”? E como será que ele fez isto, com piggyback ou “macorronada”? Isto me lembrou de um italiano que propos um esquema (pelo que sei nunca implementado na prática até agora) para adicionar um VDP de MSX 1 à um ZX Spectrum 48! Acho que essas tentativas de transformar micros clássicos em MSX poderiam servir ser objeto de estudo de algum psicólogo! Suspeito que exista um terrível sentimento de inferioridade/inveja, ainda não resolvido mesmo após tantas décadas, de muitos usuários de outros computadores em relação ao MSX…rsrsr….brincadeiras à parte, eu que na época era usuário de um TK90X (até acabar aderindo também ao MSX um ou dois anos depois) tinha uns sentimentos muito complexos em relação ao MSX, uma mistura de admiração, repulsa, inveja! Por isso entendo bem o que se passa na cabeça desse pessoal que tenta,de uma forma ou de outra, transformar seus velhos micros num MSX, ou senão isso ao menos incorporar algumas de suas características que na época eram tão únicas e invejáveis!

Os comentários estão fechados.