Arquivo da tag: Zilog Z80

Repórter Retro Nº 023

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 023
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 82 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas sortidas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Exibindo números grandes no Z80

z80_large_number

Programa originalmente escrito por Miguel Angel Rodriguez Jodar, o IdeaFix, com o objetivo de exibir números grandes em um ZX Spectrum e, consequentemente, qualquer outro computador baseado em Z80. E o maior número que esta rotina consegue formatar é um sujeito com tamanho de 255 bytes, este aqui:

22040-1

Mas se você for daqueles fanáticos por números e só acredita nos dígitos que pode contar com os dedos…

Continue lendo Exibindo números grandes no Z80

Mosca Branca do dia: Gendata TI 8000

Marcos Velasco, do nosso grupo no Facebook, informa:

Gendata TI 8000Chegou agora há pouco um computador raríssimo e sinistro, pra fechar o ano com chave de ouro. Gendata TI 8000, do ano de 1986.

Gendata foi uma empresa Brasileira, mais especificamente de Belo Horizonte-MG e fabricou este computador estranho. O pouco que consegui de informação, a empresa era voltada mais pra área contábil e também era conhecida como Prolog Gendata.

Possui dois drives de 5 1/4, o drive A é o da direita e o drive B é o da esquerda, enquanto a maioria dos computadores da época era o contrário. O teclado possui um plugue incomum (eu nunca tinha visto um teclado com este plugue), veja fotos.

Ainda não entendi o motivo do computador vir com dois teclados com cores diferentes (um cinza e outro bege), veja fotos.

O monitor também tem um plugue incomum (que também nunca vi em outro computador). A parte de tras da placa-mãe é visível e possui um plugue específico para caneta ótica… resumindo: sinistro mesmoooo…

Se alguém tiver mais alguma informação sobre este micro “macabro”, eu agradeço. Tenho mais de 200 computadores e este é o mais estranho até o momento. Na placa mae dele tem escrito “Eletrotela Computadores e Sistemas Ltda.”

Gendata TI 8000 abertoAlguns chips que estou conseguindo ver a numeraçao: MC6845P, Z8400AB1 Z80A CPU, TMM2732D. Infelizmente o monitor não está ligando e por ele ter aquele conector estranho, vou precisar de alguém com bom conhecimento em eletrônica pra dar um jeito nele… mas ele está ligando e o drive A está acendendo e procurando por disquete.

Mais fotos aqui.

Programação assembly… “like a boss”

like a boss

Estava fazendo uns testes de código em MSX-DOS e experimentando como chamar a BIOS a partir do ambiente e… opa! Melhor explicar uma coisa importante antes.

No MSX, quando estamos no BASIC a memória tem o seguinte leiaute:

0x0000 - 0x7FFF : BIOS e MSX-BASIC
0x8000 - 0xFFFF : RAM (32Kib)

Ou seja uns 32KiB de ROM estão lá ocupando 50% do espaço de endereçamento que o Z80 entende e chama de “mundo”.

Mas quando estamos no MSX-DOS a memória fica assim:

0x0000-0xFFFF : RAM (64Kib)

Mas como se faz para acessar a BIOS já que ela “desapareceu” da vista do Z80?

Continue lendo Programação assembly… “like a boss”

E agora o código fonte do CP/M!

O pessoal do Computer History Museum disponibilizou o código fonte (sim, o CÓDIGO FONTE!) das versões iniciais do CP/M. CP-o-que? Nada mais, nada menos, que o sistema operacional que rodava em 11 de cada 10 computadores baseados em i8080, i8085 e, claro, Z80! O CP/M foi desenvolvido por Gary Kildall, fundador da Digital Research, lançado em 1974 e cuja inspiração (ou tentáculos se prefeir) atingiu quase todos os computadores baseados em Z80 e até mesmo plataformas alienígenas como o Atari ST e, claro, a inspiração para a criação do MS-DOS que, bem ou mal, reside de alguma forma no coração desse seu PC novinho, porém velho.

 ( OSNews )