Arquivo da tag: Veronica

A laptopização de um Apple IIc+

A Musa Honorária e Perpétua deste mui humilde blog, Quinn Dunki, meteu na cabeça que o Apple IIc+ que ela pegou na KansasFest do ano passado tinha porque tinha que ser um laptop. O que veio a seguir, para surpresa de absolutamente ninguém, foi um hack épico. Acompanhe a saga:
Continue lendo A laptopização de um Apple IIc+

Wherein Retrocomputaria interviews Quinn “Blondihacks” Dunki

Dunki(NOTA: A versão em português desta entrevista foi publicada na Revista Jogos 80 de Dezembro de 2014)

The geeky exploits of Quinn Dunki have made an impact on the Brazilian retro community. When my friend Marcus Garrett asked me (and others) to write an article for the upcoming issue of Jogos 80, the online magazine he edits, I knew exactly where to turn to. To my delight, Quinn agreed to answer my fanboyish questions…
Continue lendo Wherein Retrocomputaria interviews Quinn “Blondihacks” Dunki

Vídeo do dia: Veronica tem seu momento de estrela

10th-anniversary-lineup-scaledQuem prestou atenção no cartaz da Festa do Hackaday percebeu um nome familliar: a primeira e única Quinn Dunki era uma das personalidades anunciadas. Naturalmente, ela foi lá apresentar sua filha mais querida, a Veronica. Mas desta vez temos o vídeo completo da apresentação!
Continue lendo Vídeo do dia: Veronica tem seu momento de estrela

Redação “Minhas Férias” do dia: Veronica conhece Kansas City (e vice-versa)

ogolEm vez de simplesmente fazer uns comentários e apontar para o blog da minha eterna e inalcançável musa inspiradora nossa querida Quinn Dunki, achei que este relato da KansasFest 2014 merecia ser traduzido para a Última Flor do Lácio.
Continue lendo Redação “Minhas Férias” do dia: Veronica conhece Kansas City (e vice-versa)

Veronica: Programa monitor e o primeiro “port” de jogo!

Agora a Veronica já tem um embrião de sistema operacional capaz de fazer o básico do básico do básico — examinar e alterar o conteúdo da memória, e executar código arbitrário. Mas por enquanto nada de instruções mnemônicas, tem que ser no hexa mesmo. Baby steps.

No linguajar dos fortes, esses programinhas são chamados de monitores. Veja-o em ação:
Continue lendo Veronica: Programa monitor e o primeiro “port” de jogo!