Arquivo da tag: Radio Shack

Episódio 78 – TRS-80 – Parte B

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

Este ano comemoramos o 40º aniversário de nascimento da Santíssima Trindade de 1977 e, neste episódio, falamos do TRS-80, o segundo a ser lançado.

Nesta parte do episódio

Falamos do sucesso inesperado do TRS-80, de como algumas decisões de design voltaram para morder os calcanhares da Tandy, dos sucessores, dos clones (entre eles, claro, o CP-500) e do legado.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 78
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 43 minutos
  • Músicas de fundo: Sons de TRS-80. Ou não.
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Episódio 78 – TRS-80 – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

Este ano comemoramos o 40º aniversário de nascimento da Santíssima Trindade de 1977 e, neste episódio, falamos do TRS-80, o segundo a ser lançado.

Nesta parte do episódio

Recapitulamos a história da Tandy Corporation, lembramos das pessoas envolvidas no computador da Tandy, falamos das especificações técnicas do TRS-80 (depois TRS-80 Model I) e como um computador com poucos recursos numa empresa com muita preocupação com custos saiu do projeto para se transformar em um produto.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 78
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 42 minutos
  • Músicas de fundo: Sons de TRS-80. Ou não.
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Episódio 62 – Austrália – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

We’re going Down Under e, em vez de rugby union, rugby league ou futebol de regras australianas, falaremos da cena retrocomputacional por lá.

(De bônus, a Nova Zelândia, onde não falaremos de Senhor dos Anéis)

Nesta parte do episódio

Os computadores “estrangeiros” de origem ocidental, vendidos por representantes locais (Awa/Amstrad, Telecom Australia, atual Telstra/One Per Desk, Barson/Acorn), mais ou menos diretamente (Apple, Commodore, Atari, Texas), e diretamente (Tandy Radio Shack).

Os computadores “estrangeiros” de origem oriental, desde coisas aleatórias de NEC, Hitachi e outros, até MSX… e os computadores da Sega.

Os computadores da Dick Smith, rede australiana de lojas de eletrônicos, e seus rebrands de VTech e EACA.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 62
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 37 minutos
  • Músicas de fundo: Chiptunes de músicas de cantores e bandas australianas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Radio Shack, Metafísica, Botafogo e The Police

Acoes Radio Shack 2010-2014Exatamente seis meses atrás, eu escrevi esta resenha na Amazon para o livro CoCo: The Colorful History of Tandy’s Underdog Computer. (Mais tarde, eu faria outra resenha, um pouco mais extensa, para a revista Jogos 80.)

Deem uma olhada na última frase. Continue lendo Radio Shack, Metafísica, Botafogo e The Police

A placa funciona se você tiver “força”

Chris Osborn do blog Insentricity comprou um TRS-80 Model I (sim, aqueles modelos que são quase uma mini estação de rádio de tanta interferência de RF que produzem) no eBay que veio sem a fonte de alimentação. Mas como testar se o treco está, ou não, funcionando sem ter algo que produza as voltagens de 19VDC e 17VAC*? Acompanhem a ventura que foi, opa, está sendo colocar o simpático computador novamente em funcionamento (brinde: comentários aleatórios sobre os preços de itens de TRS-80 no eBay).

(*) Algo que só pode ter saído da mente perturbada de algum engenheiro da Tandy.

Resenha: “CoCo: The Colorful History of Tandy’s Underdog Computer”

coco

Todos esperavam que a resenha deste livro fosse feita pelo Juan Castro, um dos principais “escatológicos” do grupo (vale lembrar que ele não é o único), mas como há um certo conflito de interesses (ele colaborou com material e é citado no livro), resolvi pegar esta tarefa para mim…

…mas talvez o Cesar também se empolgue em escrever sua própria resenha com suas próprias impressões.

Continue lendo Resenha: “CoCo: The Colorful History of Tandy’s Underdog Computer”

E o IBM PCjr também é trintão!

http://jscustom.theoldcomputer.com/images/manufacturers_systems/IBM/PCjr-4860/thumb_303168thumb_609333IBM_PC_jr_01_full.jpg

Claro que sem toda a pompa e circunstância de seu contemporâneo da Apple, o Macintosh, o IBM PC Junior, ou simplesmente PCjr para os íntimos, também completa 30 anos de lançamento neste mês de  janeiro (oficialmente só chegou às lojas alguns meses mais tarde, em março do mesmo ano). É claro que a IBM não lembrou e até fingiu que não era com ela mas o pessoal do Slashdot e nós (por puro oportunismo histórico) não esquecemos!

Continue lendo E o IBM PCjr também é trintão!

Episódio 30 – Os Anos Incríveis: Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Este é o episódio 30 do Retrocomputaria.

Neste episódio, não falamos deste Anos Incríveis, mas dos anos 90, em que, depois da explosão dos anos 80, a indústria de microcomputadores se consolidou.

Depois de uma geral sobre o que aconteceu no mundo e porque o triênio de 1994/1995/1996 é tão importante para nosso podcast, falamos do fim da era dos 8 bits, com os sucessivos encerramentos de modelos por parte de Apple, Atari, Amstrad, Tandy e fabricantes de MSX (leia-se Panasonic). Também falamos da bancarrota da Commodore, do fim da Atari Corp e de características do mercado de videogames.

Também no episódio, a primeira seção de notícias de 2013.

Ficha técnica:

  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Sander e Giovanni
  • Duração aproximada: 74 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas de micros variados

URLs do podcast:

Download: ZIP

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

A história pelos catálogos da Radio Shack

Os catálogos da Radio Shack são sempre um olhar interessante sobre o estado da arte da eletrônica de consumo de sua era. E o Internet Archive tem um grande repositório destes catálogos.

Então vale a pena viajar pelos catálogos de computadores da Radio Shack de, digamos, 1977, 1981, 1983, 1986, 1988 e 1991. Particularmente, este é meu predileto, mais porque tem um pedido de desculpas na página 2.