Arquivo da tag: Portáteis

Episódio 70 – (Quase) Portáteis – Parte B

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

Lembram do episódio 7? (se não lembram, aqui e aqui). Pois é, retomamos o assunto dos portáteis… ou quase portáteis.

Nesta parte do episódio

Falamos do Apple IIc Plus, Amstrad NC-100, NC-150 e NC-200 (e Dreamwriter 100/200 e Tandy WP2/WP3), Macintosh Portable, Atari STacy e STBOOK, Commodore HHC-4 e LCD, Solution 16 e CCE MC-5000 Executivo XT.

Ah, não esqueçam da pesquisa de mercado!

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 70
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 50 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas sortidas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Episódio 70 – (Quase) Portáteis – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

Lembram do episódio 7? (se não lembram, aqui e aqui). Pois é, retomamos o assunto dos portáteis… ou quase portáteis.

Nesta parte do episódio

Depois de explicar porque voltamos ao assunto dos (quase) portáteis e de uma inevitável piadinha com hipsters, falamos do GRiD Compass 1100, Compaq Portable, TRS-80 Model 4P, Apple IIc (e dos Laser 128/128EX/128EX/2, dos clones brasileiros – Milmar Laser IIc e TK-3000 IIe Compact) e do SVI-738 X’Press.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 70
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 53 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas sortidas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

A laptopização de um Apple IIc+

A Musa Honorária e Perpétua deste mui humilde blog, Quinn Dunki, meteu na cabeça que o Apple IIc+ que ela pegou na KansasFest do ano passado tinha porque tinha que ser um laptop. O que veio a seguir, para surpresa de absolutamente ninguém, foi um hack épico. Acompanhe a saga:
Continue lendo A laptopização de um Apple IIc+

Mosca Branca do dia: Limelight 2020

Desgostoso da vida e passeando pelo Yahoo! do Japão, dou de cara com esta trapizonga. Descrito pelo vendedor como “Hitachi Interfield Limelight 2020”.

Parece um PC portátil x86 (olhem os caracteres à la CGA), mas o teclado é muito diferente. FM Towns, talvez? Buscas no Google deram em nada. A casa pede humildemente a ajuda dos universitários.

De preferência, universitários que entendam japonês. (Clique nas fotos abaixo para ampliar)
Continue lendo Mosca Branca do dia: Limelight 2020

O Culto do Newton

Conheçam a legião de fãs apaixonados do Apple Newton — o PDA da Apple que colocou o microprocessador ARM definitivamente no mercado e foi, talvez, o predecessor de todos os smartphones e tablets que a gente vê pelaí.

O título da matéria da Wired é Os Newtonianos: Culto Mundial Despreza o iPhone a Favor do Passado Distante da Apple.

(Ei, peraí, desde quando anos 90 é passado distante? E quem você está chamando de velho?)

mr-ron-parker-using-a-newton(Via Ed S no G+)

Mosca Branca do dia: Media-Tel Systems FP400

Nunca ouviu falar? Nem eu. E, por incrível que pareça, nem o Xad do Nightfall Crew, que definitivamente entende do riscado. Caiu-lhe um nas mãos e ele mostra (clique na foto aí abaixo pra ver) o que tem dentro. Usa um Motorola 68008, o mesmo processador do Sinclair QL. E, pelo visto, as semelhanças param por aí. A princípio, é um micro alemão fabricado em 1989 ou 1990.

Continue lendo Mosca Branca do dia: Media-Tel Systems FP400

Mosca Branca do dia: Samsung SQW110? [UPDATED: NÃO!!!]

Cortesia de James Lawless (não, não é parente) da comunidade Retro Computing do Google+. Diz ele que pertencia à ex do irmão, que agora mora do outro lado do país (a ex, não o irmão), então ele não sabe nada sobre o bicho e pediu ajuda aos universitários. Parece ser um editor de texto dedicado, talvez algo como o AlphaSmart Pro. Ou talvez um computador de uso geral como o Amstrad NC100 ou o Tandy 100/200.

Samsung

Moleza, certo? É só googlar e deve pipocar link pra um monte de site de retrocomputação dando as características da máquina. Provavelmente o old-computers.com ou algum outro tem…

XONGAS. Não se acha nada pesquisando online. Isto nem é mais uma mosca branca, é uma mosca ultravioleta. Qual o processador? Qual a memória? Qual o armazenamento? As interfaces são de quê? Em que ano foi fabricado? Qual a voltagem? (Nem fonte tem.) Mistério total.

Um dos comentaristas no G+ tem vagas lembranças dele estar à venda entre 1987 e 1988 e ser voltado para jornalistas. (Como o Tandy 100.) E tinha uma porta serial que podia ser usada por impressora ou modem. E é só.

Quem souber algo sobre esta geringonça do além, por favor, esclareça-nos nos comentários. Desde já agradecemos.

UPDATE: Com a inestimável ajuda do Lous Lipp abaixo, descobri que o nosso colega “sem lei” estava viajando na maionese. O quase-micro é um Brother PowerNote PN-4400. E mais uma vez o dia foi salvo pelos Fudebas Super-Poderosos!