Arquivo da tag: o office antes do office

Episódio 75 – O office antes do Office: Bancos de Dados – Parte B

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

Micros clássicos não são apenas jogos, mas também trabalho duro. Por isso fizemos a série O office antes do Office.

Para fechar nossa série, trataremos os bancos de dados, componentes essenciais de qualquer workflow corporativo.

Nesta parte do episódio

Falamos de Paradox e finalmente saímos do mundo CP/M e MS-DOS com o MT-DATA (no Brasil, HOT-DATA) e o Professional Data Retriever para MSX, Omnius para Apple II, List Plus para Apple IIGS, Superbase para C64, Amiga e outros micros clássicos, xBase e MUIbase para Amiga e dbMan para Atari ST.

E terminamos com o declínio do padrão xBase e como estão hoje dBase, Clipper, FoxPro etc e tal.

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Episódio 75 – O office antes do Office: Bancos de Dados – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

Micros clássicos não são apenas jogos, mas também trabalho duro. Por isso fizemos a série O office antes do Office.

Para fechar nossa série, trataremos os bancos de dados, componentes essenciais de qualquer workflow corporativo.

Nesta parte do episódio

Começamos falando de moedores de carnes, quer dizer, de mainframes, para falar dos “pré-bancos de dados”. Depois falamos de COBOL, modelos navigacionais, árvores binárias, hierárquicas e finalmente dos relacionais.

Finalmente chegamos a épocas mais familiares e falamos da era do dBASE, das origens no IMSAI 8080 à dominação no mundo do CP/M (dBASE II) e no mundo do MS/PC-DOS (dBASE III) até o desastre dBASE IV e a venda da Ashton-Tate à Borland.

Também falamos de um legado do dBASE, o padrão xBase e, entre eles, o Clipper, velho conhecido de todo mundo que trabalhou com informatização de pequenas e médias empresas dos anos 80 e 90. Entramos na treta entre Ashton-Tate e Fox Software por causa do “padrão xBase”. E citamos Oracle Database porque né

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Episódio 65 – O office antes do Office: Planilhas Eletrônicas – Parte B

planilha-eletronica

Sobre o episódio

Micros clássicos não são apenas jogos, mas também trabalho duro. Por isso fizemos a série O office antes do Office.

E falamos de planilhas eletrônicas, componente essencial de um ambiente de trabalho moderno e produtivo, em que todos os colaboradores se unem, trazendo sinergias positivas para a organização como um todo.

Nesta parte do episódio

Continuamos na Lotus, falando do pós-Lotus 1-2-3; falamos do Excel e de mais algumas planilhas e integrados; divagamos sobre killer apps e a influência da planilha eletrônica. E caçamos mitos urbanos.

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Episódio 65 – O office antes do Office: Planilhas Eletrônicas – Parte A

planilha-eletronica

Sobre o episódio

Micros clássicos não são apenas jogos, mas também trabalho duro. Por isso fizemos a série O office antes do Office.

E falamos de planilhas eletrônicas, componente essencial de um ambiente de trabalho moderno e produtivo, em que todos os colaboradores se unem, trazendo sinergias positivas para a organização como um todo.

Nesta parte do episódio

Depois de apanharmos da contabilidade, explicamos como funciona a planilha eletrônica e falamos do Visicalc, dos correntes de CP/M Supercalc e Multiplan, e do Lotus 1-2-3. E de killer apps, de Assembler e de histórias de estagiário.

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Episódio 56 – O office antes do Office: Processadores de texto – Parte B

editor de texto 2Sobre o episódio

Micros clássicos não são apenas jogos, mas também trabalho duro. Por isso fizemos a série O office antes do Office.

E começamos com os processadores de texto.

Nesta parte do episódio

Falamos de AppleWorks, Claris Works, KindWorks, Carta Certa e Lazy Writer. Emendamos com os sistemas dedicados ao processamento de texto: IBM MT/ST, Wapuros, IBM Displaywriter, Amstrad PCW (ah, desse já falamos), Bull TX, Philips/Magnavox Videowriter, Smith-Corona PWP, Alphasmart, Brother WP, C/WP, os representantes modernos (KingJim Pomera e Hemingwrite/Freewrite) e especialmente do Canon Cat.

Para terminar, ódio a impressoras, kanjis, teclados, cedilhas e Mario.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 56
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 78 minutos
  • Músicas de fundo: Tem The IT Crowd e The Office (DESCUBRA)
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Episódio 56 – O office antes do Office: Processadores de texto – Parte A

editor de texto 2

Sobre o episódio

Micros clássicos não são apenas jogos, mas também trabalho duro. Por isso fizemos a série O office antes do Office.

E começamos com os processadores de texto.

Nesta parte do episódio

Depois de passear por metralhadoras, máquinas de escrever, esferas e margaridas, falamos de Wordstar, WordPerfect, Electric Pencil, Tasword e ASTEX.

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.