Arquivo da tag: microprocessador

Repórter Retro Nº 012

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro – a primeira da temporada 2016! 🙂

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 012
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 66 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas sortidas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

No qual Ken Shirriff lembra ao mundo do TMX1795

“Bom, faz tempo que vocês não falam de Ken Shirriff”, pergunta-se o leitor, “O que ele está fazendo?”

Simples: escrevendo sobre o TMX 1795 da Texas Instruments, um esquecido pedaço da história dos microprocessadores.

TMX 1795, em uma foto do Computer History Museum
TMX 1795, em uma foto do Computer History Museum

O TMX 1795 foi o primeiro microprocessador como nós conhecemos, lançado alguns meses antes do Intel 8008. Ambos disputaram o projeto do famoso Datapoint 2200, e ambos perderam a corrida para chips feitos de TTL; a Intel resolveu vender o 8008, enquanto a TI simplesmente abandonou o seu chip.

Não satisfeito, Ken entra em questões legais (sim, a TI patenteou o TMX 1795 e começou a achar uma excelente ideia fazer um tanto de patent trolling) e quase filosóficas sobre a definição de “primeiro” e de “microprocessador”.

[OFF PERO NO MUCHO] Freescale e NXP se fundem

NXP_FreescaleA notícia, por si só, é do interesse provavelmente da maior parte da comunidade retro, já que muita coisa divertida se faz interligando SBCs modernos (como os que a Freescale fabrica, concorrentes do Raspberry Pi) e as nossas retrocoisas. Mas mesmo assim seria offtopic.

Não é, porque a Freescale é a detentora dos clássicos processadores 68xxx de 8 bits, 16 bits e 32 bits que eram da Motorola. Ou seja, vocês que estavam confortáveis com “ah, não é mais Motorola, é Freescale” agora tem que alocar mais um nome na lista encadeada pra se lembrarem do que é o que. Sim, o nome Freescale é o que vai morrer e NXP é o que vai continuar vivo.

Tá chegando no nível de nome de equipe de Fórmula 1 e de partido político, esse troço.

The_Artist_Formerly_Known_As_Prince(Blog do Sergio Prado)

Mais uma CPU bizarra que a gente deixou escapar. Raios!

Signetics 2650. Como já imaginávamos, o episódio 37 do podcast só arranhou a ponta do iceberg. Este microprocessador de 8 bits podia endereçar até 32 K de memória (não 64K porque o bit mais significativo do endereço era reservado).

Entre outras bizarrices:
Continue lendo Mais uma CPU bizarra que a gente deixou escapar. Raios!

[UPDATE] Vale mais do que ouro

Este singelo exemplar do microprocessador Intel 4004 está à venda no eBay.

Intel 4004

Foi listado a 400 doletas. No momento em que escrevo, está em 676 e ainda faltam 15 horas pro leilão terminar. Dado que é um objeto extremamente leve, deve estar valendo seu peso em barras de ouro, que, como sabemos, valem mais do que dinheiro.

Silvio Santos

Depois eu conto procês em que valor fechou. UPDATE: Bem, o depois chegou e o leilão fechou em singelos 766 obamas. Mas… dez horas depois disso, este outro do mesmo vendedor (cuja única diferença são as trilhinhas cinza) fechou em 1550! Vixe!

Retrocomputação e Fórmula-1 III, o Retorno

Fechando a série formulaumzesca do blog, um vídeo promocional da Intel de 2007 (quando eles patrocinavam a Sauber), narrado pelo executivo-nerd-chefe Karl Kempf, que trabalhava pela Goodyear nos anos 70 junto à equipe Tyrrell (não, não é a empresa que fabricava replicantes) e nos conta a história do uso dos microprocessadores na F1.

Agora vamos descansar que tem corrida de madrugada! Isto é, se São Pedro deixar.