Arquivo da tag: Mainframes

Episódio 61 – Luz! Câmera! Boot! – Parte B

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

Este é o episódio 61 do Retrocomputaria, iniciando nossa sétima temporada! Neste episódio exploramos a participação dos computadores na Sétima Arte, com destaque para como Hollywood enxergou o advento do Computador Pessoal. Ou seja, veremos as pegadas (Joystickadas? Mouseadas?) das nossas queridas máquinas clássicas na Calçada da Fama! Para desbravar este território pop temos como guia Sherpa Maurício Saldanha, velho conhecido dos ouvintes do Rapaduracast e do Cabine Celular — infelizmente ele foi abduzido por um computador rebelde e deve estar em algum lugar do Grid neste momento.

Nesta parte do episódio

Mais aparições de micros clássicos, Tony Stark fazendo bullying, anos 90 e, para encerrar, zuêra na telona!

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

A alegria do cartão perfurado está de volta!

card

Os que são jovens, isto é, aqueles com menos de 50 voltas ao redor do sol, possuem somente uma vaga noção do que seja o manuseio de cartões perfurados para a entrada de dados no computador. Portanto só nos restaria confiar nas sábias palavras dos mais velhos ou somente especular.

Continue lendo A alegria do cartão perfurado está de volta!

Gene Amdahl vai construir mainframes celestiais

GeneAmdahl

No longínquo dezembro de 2013, quando começamos a falar do trabalho de recuperação do IBM 1401 que virou cobaia de Ken Shirriff, publicamos esta simpática foto. Este senhor era Gene Amdahl e não está entre nós desde terça, é importante o suficiente para ter obituários no New York Times e na Bloomberg e de ter uma homenagem da ACM.

Continue lendo Gene Amdahl vai construir mainframes celestiais

SMS nos anos 60

Não, não tem nada a ver com enviar mensagens de texto. Ken Shirriff, o Sherlock Holmes do silício, agora resolveu explorar mainframes IBM de mil novecentos e vovô garoto. E neste post no blog dele, explica que SMS quer dizer Standard Module System. São os componentes básicos dos computadores da Big Blue, e consistem em placas de circuito impresso do tamanho de cartas de baralho, cada uma responsável por uma função (portas lógicas, reguladores de tensão, memórias, controle de periféricos etc etc etc), inseridas num barramento comum.
Continue lendo SMS nos anos 60

Se é provocação, não é somente nossa!

Na verdade isto aqui é uma dica de leitura, mas fazer piada é mais forte que a gente Acontece que a introdução do livro “The Operating System Handbook — or, Fake Your Way Through Minis and Mainframes” de autoria de Bob DuCharme, contém um parágrafo bastante interessante:

“Today it’s fashionable among many personal computer users today to proclaim that minicomputers and mainframes are dinosaurs, and that the meteor that renders them extinct is coming fast. (When I say personal computer, I mean one that’s personal, that you have all to yourself, and that you can afford to have at home or on your desk at work. This includes Macintoshes, Amigas, and the Atari ST, not just DOS machines.) They call the big machines primitive, because you don’t use a mouse and icons to start up programs.”

Continue lendo Se é provocação, não é somente nossa!

Vídeo do dia: milicos ianques explicam as memórias de ferrite

Entre uma intervenção e outra, os colegas do Recruta Zero e do Sargento Tainha mantinham-se atualizados quanto ao estado na arte da tecnologia. Que, no caso das memórias de computador nos anos 50 e início dos 60, consistia em armazenar cada bit em uma rosquinha magnética do tamanho aproximado de uma miçanga. Veja como:
Continue lendo Vídeo do dia: milicos ianques explicam as memórias de ferrite

Caverna do Tesouro II, a Missão

O pessoal do hackerspace holandês Hack42 recebeu uma proposta irrecusável: limpem um porão cheio de equipamentos e eles são todos seus. A generosa doação veio da Universidade de Twente. Tem PDP-11, VAX, SIlicon Graphics, servidores IBM, estações Sun, BBC Micro, o diabo a quatro. Tudo tinha que passar através de uma porta de 80 cm.
Continue lendo Caverna do Tesouro II, a Missão

Você está desafiado a encarar o Pai de Todos os BASICs.

Sim, o Primeirão, o Precursor, o Patriarca Dartmouth BASIC, celebrado aqui no blog por ocasião do cinquentenário da linguagem BASIC. Kip Koon teve a ideia de convocar várias comunidades retrocomputacionais e também o RetroBattleStations do Reddit para criar programas que rodem exatamente nesse BASIC, e exibí-los na CoCoFEST 2015, provavelmente fazendo um concurso cujos termos estão ainda em discussão.

265TS_man__0001Mas peraí, comprar um mainframe da GE no eBay não vai ficar meio carinho? E o frete? Calma rapá, que tem solução…
Continue lendo Você está desafiado a encarar o Pai de Todos os BASICs.