Arquivo da tag: jogo

Pílulas MSXzeiras.

  • Nosso chapa FRS anunciou o lançamento do Joytest, na versão 2.4. O q tem de novo? Agora ele é capaz de testar inclusive as pistolas laser como a Plus-X e a Terminator, além de adaptadores para joysticks do Mega-Drive e outros.
  • O Louthrax lançou a versão 1.1 do SofaROM, que é uma ferramenta para carregar jogos MegaROM nos MSXs sem precisar de um dispositivo com uma memória flash (como uma MegaFlashROM). E tome Memory Mapper. Funciona (obviamente) em parceria com o SofaRun, do mesmo autor.
  • O BeepComp é um software de código aberto (para Windows/Mac/Linux) para compor trilhas sonoras usando arquivos texto e uma linguagem de descrição (MML). O resultado final pode ser salvo em MP3/WAV/OGG, e com um pouco de queimação de fosfato, pode ser usado para criar músicas para MSX.
  • O King’s Valley Spy é um software (para Windows) para criar fases para o jogo King’s Valley II, da Konami.

Divirtam-se!

Passageiros do Vento, agora traduzido para inglês

Os Passageiros do Vento são uma história em quadrinhos de aventura, criada por François Bourgeon (França) e que rendeu um adventure para MSX 2. O adventure foi lançado pela Infogrames e teve versões em holandês, francês e espanhol. Mas não teve em inglês… Até agora.

Continue lendo Passageiros do Vento, agora traduzido para inglês

Traduziram o Zoológico.

Zoo é um adventure do tipo point-and-click, feito para MSX pela empresa holandesa Radarsoft, cujo objetivo é resolver um mistério no zoológico. A Philips o distribuiu em 1987, mas até aqui só tinha versão em holandês, visto que não havia interesse em vendê-lo para o mercado internacional.

Bem, hoje em dia isso mudou, e o jogo foi traduzido para inglês e francês. Se você quiser saber como foi a tradução, pode ir no tópico do fórum da MSX.org onde tudo foi discutido, e baixar as versões num arquivo compactado no MSX.org.

Ghost. Não é o filme, mas é o jogo.

Ghost é um jogo no estilo metroidvania que está sendo feito por Francisco Tellez de Meneses, também conhecido como o criador do jogo Unepic, para Wii U. No 50o encontro em Barcelona, ele apresentou um prequel do jogo, e o povo gostou. Então agora vem mais.

  • 100 telas, divididas em 5 mapas.
  • 3 chefes de fase.
  • Inspiração em histórias de ficção científica.
  • O lançamento será no próximo encontro em Barcelona, em 17 de junho de 2017.

O jogo custará 35 euros na sua edição especial, que terá cartucho, caixa, manual (em espanhol), e um poster em A3 desenhado pelo desenhista espanhol Alfonso Azpiri, que fez capas de jogos como Cobra’s Arc, Metropolis, Game Over II, Army Moves, MOT, Nonamed, Camelot Warriors… Só pra ficar nos que eu conheço, porque saíram para MSX.
Continue lendo Ghost. Não é o filme, mas é o jogo.

Que tal uma justa?

Houve no Atari 2600 e em várias outras plataformas um jogo chamado Joust, onde você cavalgava uma espécie de avestruz (só que nesse caso, ele voa), e com uma lança, você deveria derrubar outros oponentes, num cenário com plataformas. A cada guerreiro atingido, a sua ave libera um ovo (?!), que ao você coletar, rende pontos. Sim, eu também acho, é um jogo esquisito.

Bem, agora tem mais uma plataforma que tem o Joust, que é o MSX. Num esforço conjugado de vários MSXzeiros, iniciado pelo Eric Boez, foi feito o port para MSX 1 do jogo, e a Repro Factory está vendendo o cartucho, pelo preço de 34 euros + frete.

Continue lendo Que tal uma justa?

Pílulas