Arquivo da tag: DVD

Então você quer ver como é um Amiga ou um C64, mas tem só um PC?

Seus problemas acabaram! O pessoal da Cloanto montou uma ISO de um CD/DVD, onde você pega, queima numa mídia (ou faz um pendrive bootável com ela), inicializa a máquina e pronto, você terá um emulador de Amiga (ou de Commorore 64) rodando no seu PC, com tudo que tem direito. O nome é Amiga Forever (como você pode constatar ao lado) ou C64 Forever. Você pode baixar as ISOs ou comprar numa caixinha bacana e estilosa + manual + mídia gravada + outros badulaques por preços que variam de US$ 9,95 (C64 Forever Downloadable Plus Edition) a US$ 49,95 (Amiga Forever Premium Edition). Maiores interessados, basta clicar na imagem acima para ler a matéria que a RetroManiac Magazine escreveu a respeito.

From Bedrooms to Billions

O título acima é o nome de um documentário de 2 horas que trata da história da indústria britânica de video games, de 1979 até o tempo atual. Ficou curioso, não? Então veja o trailer abaixo:

O documentário em si foi financiado por crowdfunding, a popular vaquinha, tão em voga hoje em dia. Ele está em pre-lançamento, com previsão para a primavera de 2014 (entre final de março e o final de junho). Os preços são:

  • Cópia digital: 15 libras.
  • DVD: 20 libras.
  • Blu-Ray: 30 libras.

Se você quiser, também tem a trilha sonora (com a participação de Rob “SID” Hubbard) em formato para download (7,95 libras) e em CD (9,95 libras), além de camisetas (17,95 libras). E se você tem dúvidas, saiba que o documentário em si tem legendas em português. Espero ter desequilibrado a balança… Eu acho que vou comprar uma cópia…

Tape: A documentary with bias

Lembram do Jason Scott, o autor dos documentários BBS: The Documentary e GET LAMP : THE TEXT ADVENTURE DOCUMENTARY, sobre adventures texto? Pois é, no final de 2011 ele estava arrecadando recursos para tocar três novos projetos, que são documentários (ora pois) sobre o 6502 (que falamos no episódio 20 do Retrocomputaria), Arcades e, claro nossa amada e querida, fita magnética.

Pois é, ele arrecadou US$ 118.801 para o documentário sobre a fita magnética (intitulado Tape: A documentary with bias), e o documentário está em fase de produção. Já temos um site no ar. Agora… É aguardar.

Ah, se você quiser, os dois primeiros documentários já estão à venda, aqui e aqui. O Giovanni comprou o Get Lamp e o resenhou, você pode ler a sua resenha clicando aqui.

GET LAMP, o documentário

Antes do atirador em primeira pessoa, houve o pensador em segunda pessoa… É assim que você é apresentado ao “GET LAMP“, o documentário sobre os text adventures, dirigido pelo arquivista e historiador da computação Jason Scott. Aliás, este é o segundo documentário dele no tema: O primeiro foi “BBS: The Documentary” (dividido em 8 episódios e cobrindo cerca de 25 anos de histórias sobre as bulletin board systems, as BBS).

Text Adventures?

As Text Adventures, ou IF (Interactive Fiction) como hoje são conhecidas, são um gênero de jogo eletrônico em que toda a interação com o usuário faz-se a partir de sentenças de texto, tanto a descrição do que está ocorrendo como a ação que o jogador deverá tomar. Para exemplificar melhor, o trecho de um jogo do gênero para Apple II chamada Leadlight:

> IN THE LINVILLE STUDENT LIBRARY
It is night. You are in the Linville
student library. The hum of idle
computers and photocopiers permeates the
ordered maze of books. The stacks are to
the south, the toilet is to the west and
the foyer is to the east.
You see the corpse of Charlotte.
You see a library desk.
You see an iPod
WHAT NOW?_

Como assim iPod? Acho que esqueci de dizer que Leadlight é de 2011

Em uma época em que a capacidade gráfica, sonora e de processamento dos primeiros computadores pessoais era bastante limitada eles tornaram-se o principal gênero de jogos consumidos por seus usuários.

GET LAMP

Ele é composto por dois DVDs, o primeiro contendo o documentário propriamente dito e o outro com os trechos não incluídos das entrevistas (por exemplo as partes contendo spoilers sobre um ou outro jogo – há inclusive o imperdível “o spoiler para todos os jogos já criados!“) e uma série de outros arquivos. E por outros arquivos entenda: as músicas utilizadas no documentário, as fotografias, a arte da embalagem, versões digitalizadas de propagandas, os jogos (sim!) e muito mais – aliás, confesso que ainda não consegui analisar todo o conteúdo do segundo disco.

Ao colocar o primeiro DVD no aparelho você descobre que junto com o GET LAMP (disponível para ser reproduzido nas versões “interativa” e “não interativa”) estão ainda dois mini documentários: O primeiro é uma visita guiada realizada pelo Jason Scott na caverna Mammoth, localizada no estado do Kentucky/EUA, que é o maior sistema de cavernas do mundo e a inspiração para criação do primeiro text adventure. O segundo é sobre a INFOCOM, a mais bem sucedida empresa do ramo e a criadora da série Zork.

Com relação ao documentário, prepare-se para muita história: Você será apresentado aos mais diversos personagens, como exploradores de cavernas, professores, acadêmicos, colecionadores, desenvolvedores e, claro, jogadores (de longa data) deste gênero de jogos (e de outros também). A narrativa começa com o surgimento do gênero nos anos 1970, sua ascensão e eventual declínio comercial no final da década de 1980. Depois, ele trata do legado, estilo, forma de concepção, seu uso como ferramenta educacional e até mesmo de inclusão (qual jogo pode ser jogado por um cego?). Finalmente, ele encerra-se com o ressurgimento e redescoberta, com a popularização da Internet a partir da década de 1990. No final, os entrevistados respondem sobre o futuro das IF.

O documentário está disponibilizado sobre a Creative Commons-Attribution-Sharealike-NonCommercial, ou seja, ele é de livre distribuição. Porém se você quiser adquiri-lo, ele custa US$ 40,00 + US$ 9,00 (frete internacional) e pode ser comprado diretamente em http://www.getlamp.com (aceita-se PayPal).

Confesso que realmente vale a pena, tanto pelo conteúdo, como pelo acabamento de todo o material e até mesmo pela moedinha de colecionador incluída no pacote! E para terminar, claro, o trailer do documentário:

É pura retrocomputação!

Nota: Jason Scott está com dois outros projetos na cabeça, e busca financiamento para executá-los. Que tal você também ajudá-lo?