Arquivo da tag: desenvolvimento

Aproveite o feriado para escrever código para MSX.

Seguem duas dicas rápidas:

  • Na página da dupla Dvik & Joyrex tem várias ferramentas usadas por eles para fazer seus demos, inclusive um player de música no formato PT3, com o código todo disponível em C.
  • Se você usa Linux e mais especificamente GNOME, conhece o gedit, que é o “bloco de notas” desse ambiente. Pois é, existe um plug-in para ele que permite que você controle o OpenMSX, além de syntax highlighting para Assembly de Z80.

Mais fotos do passado do MSX para começar a semana.

Numa matéria sobre MSX publicada na publicação semanal da ASCII (clique se você entender japonês, senão nem adianta), saiu mais uma matéria sobre os 31 anos do MSX. Bem, vamos ao que descobrimos sobre as fotos que estão lá.

Engenheiros da divisão MSX na Yamaha posando para uma foto, junto com um Kazuhiro Nishi novo e um Bill Gates com mais cara de nerd do que ele já tinha. Isso, em 1984. O futuro presidente da Yamaha, Kazukiyo Ishimura, também está nessa foto.
Engenheiros da divisão MSX na Yamaha posando para uma foto, junto com um Kazuhiro Nishi novo e um Bill Gates com mais cara de nerd do que ele já tinha. Isso, em 1984. O futuro presidente da Yamaha, Kazukiyo Ishimura, também está nessa foto.

Continue lendo Mais fotos do passado do MSX para começar a semana.

Retronica

Dica rápida de site, enquanto você espera o fim do mês chegar e curte o Repórter Retro de ontem: Retronica, que tem o subtítulo Eletrônica moderna para sistemas retro. Está em espanhol, e fala muito sobre FPGA. A propósito, se você é entusiasta de um sistema aberto (como Linux), ele tem dicas de como instalar ferramentas como o iVerilog, o MPLAB-X IDE (para microcontroladores PIC) e o Quartus (para Altera) em Ubuntu 64 bits.

Jogos, jogos e mais jogos!

Olduino

E que tal um adaptador para ligar um Z80 (sim, o Zé Oitenta) a shields Arduino? Esse é o projeto Olduino/Z, do povo do Hackaday.

A placa com o Z80 tem 32K de RAM e32K de EPROM, com o tamanho de um cartão de crédito, um painel frontal com um tecladinho hexadecimal (dá para programar por ali), uma interface serial para ligar a um PC. Ele tem uma interface SPI a 4 Mhz, e graças a ela, você pode ligar de placas Ethernet a relógios de tempo real.

Software? Hmm… Tudo em C, usando SDCC e o Z88dk como front-end.

Ele deriva de outro projeto, o 1802 Olduino, e se você quiser seguir o dito cujo para ver onde vai dar… Clica no link lá de cima.

Engenharia reversa em jogos

Interessado em fazer aquele port daquele jogo mas ainda sem ideia de por onde começar? Então vale a pena visitar a Kroah’s Game Reverse Engineering que, além de um fórum para troca de ideias, há diversas ferramentas já prontas que permitem extrair/visualizar gráficos, mapas e outras informações interessantes de vários jogos, além de algumas explicações bastante interessantes sobre a mecânica deles.

Resoluções de Ano Novo – programação

programacaoEntão, você amanheceu hoje e pensou: “É… Eu vou desenvolver um jogo para uma plataforma clássica“. Muito nobre de sua parte, você parou de enrolar procurar desculpas e resolveu fazer algo. Mas você não irá fazê-lo imediatamente, vais precisar de algumas dicas, ou de um tutorial completo. E não sabe por onde começar? Abaixo vão algumas dicas.

Continue lendo Resoluções de Ano Novo – programação