Arquivo da tag: desenvolvimento

Olduino

E que tal um adaptador para ligar um Z80 (sim, o Zé Oitenta) a shields Arduino? Esse é o projeto Olduino/Z, do povo do Hackaday.

A placa com o Z80 tem 32K de RAM e32K de EPROM, com o tamanho de um cartão de crédito, um painel frontal com um tecladinho hexadecimal (dá para programar por ali), uma interface serial para ligar a um PC. Ele tem uma interface SPI a 4 Mhz, e graças a ela, você pode ligar de placas Ethernet a relógios de tempo real.

Software? Hmm… Tudo em C, usando SDCC e o Z88dk como front-end.

Ele deriva de outro projeto, o 1802 Olduino, e se você quiser seguir o dito cujo para ver onde vai dar… Clica no link lá de cima.

Engenharia reversa em jogos

Interessado em fazer aquele port daquele jogo mas ainda sem ideia de por onde começar? Então vale a pena visitar a Kroah’s Game Reverse Engineering que, além de um fórum para troca de ideias, há diversas ferramentas já prontas que permitem extrair/visualizar gráficos, mapas e outras informações interessantes de vários jogos, além de algumas explicações bastante interessantes sobre a mecânica deles.

Resoluções de Ano Novo – programação

programacaoEntão, você amanheceu hoje e pensou: “É… Eu vou desenvolver um jogo para uma plataforma clássica“. Muito nobre de sua parte, você parou de enrolar procurar desculpas e resolveu fazer algo. Mas você não irá fazê-lo imediatamente, vais precisar de algumas dicas, ou de um tutorial completo. E não sabe por onde começar? Abaixo vão algumas dicas.

Continue lendo Resoluções de Ano Novo – programação

Evolução do AmigaOS

Aproveitando o vazamento do código fonte do AmigaOS do Kickstart para trazer um vídeo bastante interessante feito faz algum tempo e que mostra o desenvolvimento deles entre 1985 e 2010 sob o ponto de vista do número de desenvolvedores — não encontrei a publicação original mas a animação foi feita  a partir dos nomes nos cabeçalhos nos arquivos do código fonte.

UNIDISK Air como ferramenta de desenvolvimento

A UNIDISK Air é um novo projeto para Apple II criado por Koichi Nishida (Nishida Radio) que consiste na junção de um adaptador de cartões SD para a DISK-II dos Apple II com um cartão da série FlashAir da Toshiba (cartões SD com um computador dentro que tem interface wireless e até servidor web embutidos).

A este conjunto, Arnaud Cocquière do French Touch, acrescentou mais algumas camadas de software com Eclipse, WUDSN IDE, ACME  para criar um ambiente “mortífero” de desenvolvimento cruzado para o Apple II.

( A2Central )

E o FUZIX no MSX começa a tomar forma.

MSXzeiros, alegrai-vos!

fuzix01Alan Cox informa que o boot do Fuzix já está chegando até o ponto em que um teclado é necessário, e ele está usando como referência um MSX 1 com MegaRAM (aê Ademir Carchano!), incluindo toda a estrutura horrorosa de slots e subslots (segundo ele), achando a MegaRAM e ligando tudo. Já tem também os códigos iniciais para procurar por dispositivos de E/S… E ele avisa que odeia escrever drivers para interfaces de disco.

Nos comentários, sugestões de port para 6502 (BBC Micro), o uso de Memory Mapper (afinal das contas, ela é a expansão de memória padrão dos MSX), o motivo de ter usado MegaRAM (ele usou código-fonte do UZIX, gente!), o COLOR 15,5 do terminal, entre outros. E o nosso ouvinte, Fábio Emílio Costa, nos citou, falando para o marido da Telsa falar conosco! Viramos referência, pessoal, olha só que bacana.

E a quantidade de ofertas de ajuda aumenta. Veremos mais novidades desse que é, para mim, a melhor notícia retrocomputacional do segundo semestre de 2014, talvez do ano todo. Fiquem ligados!