Arquivo da tag: commodore

Episódio 80 – Commodore PET – Parte B

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

Fechamos a nossa série sobre a Santíssima Trindade de 1977 com o PET, a primeira linha de computadores da Commodore.

Nesta parte do episódio

Finalizamos a cronologia da linha Commodore PET, comentamos o legado da linha e aproveitamos para falar um pouco dos três da Santíssima Trindade de 1977.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 80
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 48 minutos
  • Músicas de fundo: Pet Shop Boys em chiptune
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Commodore 64 + SID + MIDI = muita gente pira.

Semana passada falamos do SID2SID, mas nessas andanças, topamos com o cartucho MSSIAH, que é um sintetizador MIDI. No site, o criador (o mesmo responsável pelo SID2SID) informa que dá para usar o MSSIAH como sequenciador MIDI, sintetizador (mono), uma máquina de ritmos, entre outras coisas. 49,95 euros + frete, e envia para o mundo todo.

E sim, alguém em algum lugar PIRA.

Episódio 80 – Commodore PET – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

Fechamos a nossa série sobre a Santíssima Trindade de 1977 com o PET, a primeira linha de computadores da Commodore.

Nesta parte do episódio

Chuck Peddle, JACK TRAMIEL, Commodore, MOS, 6502, KIM-1 e o caminho até o PET 2001. E iniciamos a cronologia da linha Commodore PET.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 80
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 48 minutos
  • Músicas de fundo: Pet Sounds em chiptune
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Nem só de jogos para MSX e ZX-Spectrum vivem os programadores espanhóis…


Os espanhóis andam produzindo muitos jogos homebrew para plataformas clássicas, principalmente para ZX-Spectrum e para MSX. Mas também surgem jogos para outras plataformas clássicas, como a máquina mais vendida da empresa de Jack Tramiel, o Commodore 64.
Rescuing Orc é um simpático jogo de pltaforma para C64, feito por Juan J. Martinez (Reidrac), e que a RetroManiac Magazine fez uma longa e detalhada matéria.
O jogo está disponível para download no site do autor desde o último dia 23 de agosto, em versões para PAL e NTSC. Pegue, jogue e depois dê o seu joinha para o Reidrac, ele merece!

Então você quer ver como é um Amiga ou um C64, mas tem só um PC?

Seus problemas acabaram! O pessoal da Cloanto montou uma ISO de um CD/DVD, onde você pega, queima numa mídia (ou faz um pendrive bootável com ela), inicializa a máquina e pronto, você terá um emulador de Amiga (ou de Commorore 64) rodando no seu PC, com tudo que tem direito. O nome é Amiga Forever (como você pode constatar ao lado) ou C64 Forever. Você pode baixar as ISOs ou comprar numa caixinha bacana e estilosa + manual + mídia gravada + outros badulaques por preços que variam de US$ 9,95 (C64 Forever Downloadable Plus Edition) a US$ 49,95 (Amiga Forever Premium Edition). Maiores interessados, basta clicar na imagem acima para ler a matéria que a RetroManiac Magazine escreveu a respeito.

Coleção de softwares pouco conhecidos para Commodore PET.

Falamos nesse mês da trindade de 77, e começamos com o Apple II. Ainda temos o TRS-80 e o Commodore PET a serem falados num futuro breve. Pois então, enquanto nós vimos o PET como parte da decoração do apartamento do Almirante James T. Kirk, em Jornada nas Estrelas II: A Ira de Khan, o Commodore Spain passou-nos uma lista grande de softwares para essa curiosa máquina. Seguem a parte 1 e parte 2. São 12 disquetes cheios. Dá para se divertir com o seu PET… Ou o seu emulador.

Placas de diagnóstico para Commodore PET e MSX.

Placas de diagnóstico são apetrechos interessantes para quem precisa dar manutenção em um computador, seja clássico ou não. Nos PC, existem as placas POST, que ajudam muito a identificar o que está acontecendo no hardware.

Mas o nosso papo é micros clássicos, então o Commodore PET, que não tem um slot para cartuchos, ganhou uma placa de diagnóstico onde você remove o 6502 e coloca ela no lugar. Interessante, não? O projeto é do pessoal da Tynemouth Software (ingleses), e por 50 moedas da Rainha pode ser sua.

Em notícias levemente relacionadas, está rolando uma discussão no fórum do MSX Resource Center a respeito de software para diagnóstico, para vir em cartucho. O máximo que temos é um cartucho com um programa para testar a memória (de autoria do Adriano Cunha). Pode ser que saia algo interessante aí, vamos ficar atentos.

Se você lê espanhol ou inglês…

… E gosta de Amiga, Sinclair, Commodore ou ambos, vão aí três dicas:

Episódio 74 – What If… Atari e Apple – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Uatu, o Vigia (Marvel Comics)Sobre o episódio

Realidades alternativas. Universos paralelos. Podia ser a Marvel ou a DC, mas é o Retrocomputaria transformando em podcast aquelas perguntas “e se…” que sempre rolam enquanto não estamos gravando.

Sorteamos e, olha só, Atari e Apple estavam juntinhas.

Nesta parte do episódio

Falamos dos Cenários Zero, Um, Dois e Três.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 74
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 48 minutos
  • Músicas de fundo: Não incluindo Waterloo, do ABBA
  • Download em ZIP

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.