Arquivo da tag: Assembler

Desenvolvendo para o COSMAC num ATARI 8-bits

rca_cdp1802_pecom64

William H. Donnelly é um entusiasta do maravilhosamente bizarro microprocessador 1802 da RCA (aquele que foi ao espaço e aguenta explosões de bombas nucleares), desencavou e postou no grupo COSMAC ELF and 1802 Microcomputing no Yahoo!Groups — Sim! Tem grupo até disso — esta mosca branca aqui:

Não vi nenhuma referência disto em lugar nenhum, então pensei em divulgar caso alguém esteja interessado.

COSMATIC era um cross-assembler de 1802 que era comercializado para a linha de computadores Atari 400/800 em 1982. É uma coisa meio estranha de se criar, que dirá vender (como um produto legítimo para Atari), e de acordo com o autor eles não venderam muitas cópias, se é que venderam alguma. Ele foi idealizado principalmente para dar um início à divisão de software (?) deles, tipo botar algumas moedas no chapeuzinho de doações. O autor tinha experiência prévia com o 1802, então ele decidiu escrever esse software porque seria divertido e interessante.

Continue lendo Desenvolvendo para o COSMAC num ATARI 8-bits

Macross 6502

habitat

O pessoal do Museu de Arte e Entretenimento Digital recuperou e disponibilizou no GitHub o código fonte do Macross — não, não é este Macross! — um montador assembler para 6502 desenvolvido entre 1984 e 1987 pelo pessoal da LucasFilm Ltd e utilizado na criação de títulos Habitat (que rodava na QuickLink, aquilo que veio a virar a AOL), Maniac Mansion e Zak McKracken.

Continue lendo Macross 6502

O tal CAPS-LOCK do HOTBIT

HB8000_capslock

A tecla CAPS-LOCK sempre foi um ponto de discórdia entre usuários brasileiros de MSX, não pela tecla em si mas pelo fato do HOTBIT, com seu jeito de brinquedo, ter um led que indicava seu estado enquanto que o Expert, com seu teclado destacado, não! 😀

Talvez para enfatizar a existência do led o pessoal da Sharp EPCOM resolveu QUE O CAPS-LOCK DEVERIA SER TRAVADO APÓS O BOOT! Algo que eu, como usuário de HOTBIT, sempre detestei mas sempre relevei pois bastava apertar «CAPS» para resolver.

Mas como estou velho e (cada vez mais) preguiçoso e meu HOTBIT ainda não usa uma versão corrigida (ainda) eu resolvi “quebrar o galho” fazendo um programinha para colocar no “AUTOEXEC.BAT” — ou “REBOOT.BAT” no caso do MSX-DOS 2.

Continue lendo O tal CAPS-LOCK do HOTBIT

Tetris em assembler de 6502

tetris

No ano de 1992 o jovem holandês Wiebo de Wit, membro do Anti MSX Group(!), escreveu um simpático clone de Tetris para o C64, como ele mesmo disse… apesar dos problemas. Em 2015 ano ele resolveu escrever um novo jogo de Tetris em assembler de 6502 e do zero! Aproveitando somente os gráficos e os sons da primeira versão.

E como eu sou uma boa pessoa vou deixar aqui link para outras partes — 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 — publicadas até o momento.

Repórter Retro Nº 006

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro.

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Ler a Wikipédia num TRS-80 Model I, convenhamos, já e vandalismo.

Estamos falando de um micro lançado em 1977, cujo modo texto é 64×16 caracteres, preto-e-branco (sem escalas de cinza), que nem minúsculas tem, e com pseudográficos de 128×48… coisas… que só com muita caridade poderiam ser chamadas de pixels.

Pois Peter Cetinski resolveu desenvolver para ele um programa chamado TRSWiki, ligar uma interface de rede MISE e…
Continue lendo Ler a Wikipédia num TRS-80 Model I, convenhamos, já e vandalismo.

Programação assembly… “like a boss”

like a boss

Estava fazendo uns testes de código em MSX-DOS e experimentando como chamar a BIOS a partir do ambiente e… opa! Melhor explicar uma coisa importante antes.

No MSX, quando estamos no BASIC a memória tem o seguinte leiaute:

0x0000 - 0x7FFF : BIOS e MSX-BASIC
0x8000 - 0xFFFF : RAM (32Kib)

Ou seja uns 32KiB de ROM estão lá ocupando 50% do espaço de endereçamento que o Z80 entende e chama de “mundo”.

Mas quando estamos no MSX-DOS a memória fica assim:

0x0000-0xFFFF : RAM (64Kib)

Mas como se faz para acessar a BIOS já que ela “desapareceu” da vista do Z80?

Continue lendo Programação assembly… “like a boss”

Fractal para quem precisa de fractal

À guisa de (falei bonito agora, hein?) continuação do post sobre cartões SMS em mainframes, Ken Shirriff ficou sabendo que havia um IBM 1401 funcional no Computer History Museum e lá foi-se ele pra brincar com a criança. Brincar do que? Ora, de fazer um programa para imprimir o Conjunto de Mandelbrot. Em que linguagem? Assembler em cartões perfurados, claro, porque linguagem de alto nível, monitor e teclado são para os fracos.

mandelbrot-1401-and-printerMas calma que a história não acaba por aí…
Continue lendo Fractal para quem precisa de fractal