Arquivo da tag: arm

ARM: Como Era e Como É, por Ken Shirriff

(Traduzindo e reorganizando a sequência postada no Twitter por nosso parça, o Hugh Hefner do silício, comparando o tataravô e o sobrinho recém-nascido do chip desse espertofone em que você está lendo isto)

 *       *       *

Com o recente anúncio do processador M1 da Apple (N. do T.: link adicionado por nós) da família ARM, achei que seria interessante compará-lo com o primeiro processador ARM, criado pela Acorn Computers em 1985 para o BBC Micro. Os projetistas foram Sophie Wilson and Steve Furber.
Continue lendo ARM: Como Era e Como É, por Ken Shirriff

Apple, ARM e desktops: juntos desde 1987, ou 1990, ou talvez 1997

Hoje essa Apple que está aí, que fabrica espertofones que já nascem velhos e PCs que já nascem velhos – apesar de muita gente jurar que não, no que evidentemente estão errados – tem um evento para programadores que, segundo a especulação da imprensa especializada em fofocas tecnológicas, anunciará que botará no mercado um Macintosh com chip ARM.

Não vamos entrar no fato que, caso se confirme, esta é a quarta mudança de chips do Macintosh, e que desses quatro chips só um nos interessa aqui, que são os 68000; só queríamos avisar aos que chegaram ontem nessas bandas que:

Acorn Archimedes A310 rodando RISC OS 2. Original no Chris's Acorns
Acorn Archimedes A310 rodando RISC OS 2. Original no Chris’s Acorns
Acorn Archimedes A4. Original no Chris's Acorns.
Acorn Archimedes A4. Original no Chris’s Acorns.
  • Em 1997, a Apple lançou seu, até agora, único laptop com ARM; o eMate 300 não rodava System, mas sim Newton OS, e era voltado para o mercado educacional, mas em termos visuais não podia estar mais longe dos PDAs Newton.
Apple eMate 300, fotografado por Ryan Schultz e disponível na Wikimedia
Apple eMate 300, fotografado por Ryan Schultz e disponível na Wikimedia

Para terminar, em uma prova que o mundo não dá voltas, mas sim capota, retiramos esta passagem da matéria que linkamos lá na frente sobre a formação da ARM Holdings. Novembro de 1990, observem:

O RISC OS agora é software livre

Quando vocês estiverem lendo isso, a RISC OS Open e a RISC OS Developments já devem ter oficialmente anunciado na RISC OS London Show que agora o RISC OS é software livre, licenciado sob a licença Apache 2.0.

Para comemorar, o RISC OS, já na sua primeira versão de código aberto, volta ao NOOBS, agora finalmente suportando o Raspberry Pi 3.

Aliás, podiam liberar as versões anteriores, né? Os Acorn Archimedes agradeceriam… 🙂

E o Nishi está desenvolvendo o MSX de próxima geração

Nishi solta uma notinha curta (post #143) no seu site pessoal. Em japonês:

次世代のMSXを開発している。CPUはARMとR800。FPGAの上で何にでもプログラムできるハードウェアでRaspberry Piと同じ大きさの基盤にした。年内に発表したいと思っている。名前は未定。

IoTの分野とMSXとの接点は、ワンチップでMSXと無線通信機能を一体化した5ミリ角のシリコンチップのダイを開発中である。来年の秋ぐらいまでに発表したい。組込用のコントローラーとして。

Na tradução automática para o português:

Estamos desenvolvendo o MSX da próxima geração. A CPU é ARM e R800. Eu fiz o mesmo tamanho de Raspberry Pi com hardware que pode ser programado para qualquer coisa no FPGA. Eu gostaria de anunciar isso dentro de um ano. O nome é indeciso.

O ponto de contato entre o campo de IoT e o MSX está desenvolvendo um chip de silício de 5 mm que integra o MSX e a função de comunicação sem fio com um chip. Eu gostaria de anunciar isso no outono do próximo ano. Como um controlador embutido.

(via)