Arquivo da tag: 6502

Episódio 68 – Upgrade Time! – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Sobre o episódio

Este episódio era pra ter saído antes, mas só saiu agora, porque… er… já viram algum upgrade sem problema nenhum? Então.

Nesta parte do episódio

Depois de umas brigas com o marquetingue, conseguimos falar sobre upgrades para a família Apple II, para o 6502 e para o CoCo; falamos do C128, o “100% compatível” com o C64; e falamos de Speccy, +128, +2A/B e +3.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 68
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 51 minutos
  • Músicas de fundo: Tem uns chiptunes do Adventure Time, que é o que lembramos; o resto das anotações sobre músicas de fundo foi sobrescrito no upgrade.
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Uma dupla de breadboards com 6502

Dois breadboards com 6502? Parece bom, né?

O Limpfish 1000, de David Barton, além de estar com um breadboard bem organizadinho, já consegue rodar MicroChess:

Já o Dodo, de Peter Noyes, se graduou para PCB e já toca o tema de Star Wars:

(mos6502 no G+)

Repórter Retro Nº 016

O Seu Repórter RetroBem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro.

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Macross 6502

habitat

O pessoal do Museu de Arte e Entretenimento Digital recuperou e disponibilizou no GitHub o código fonte do Macross — não, não é este Macross! — um montador assembler para 6502 desenvolvido entre 1984 e 1987 pelo pessoal da LucasFilm Ltd e utilizado na criação de títulos Habitat (que rodava na QuickLink, aquilo que veio a virar a AOL), Maniac Mansion e Zak McKracken.

Continue lendo Macross 6502

Então você precisa disassemblar código 6502…

…mas não sabia por onde começar?

Felizmente Ricardo Quesada fez dois posts exatamente sobre como disassemblar código 6502.

No primeiro post ele explica o uso do Radare, um poderoso disassembler que roda em um monte de sistema que roda em máquinas mais novas mas ainda assim já velhas (velho é o seu PC).

E no segundo post, ele bota a mão na massa, usando como exemplo a quebra da proteção do BC’s Quest for Tires.

screen-shot-2015-12-09-at-3-03-39-pm

(via e via)

Repórter Retro Nº 011

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro — encerrando a temporada 2015 do Retrocomputaria. Feliz Ano Novo a tod@s @s noss@s ouvintes e leintes! 😀

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Livros, demos e ports…

ALCover smallVamos a 3 notícias interessantes a respeito da maior crianção de Steve Wozniak, o Apple II. E essas vem do A2Central, hoje o maior site a respeito de Apple II que há.

A primeira notícia versa sobre o relançamento do livro Assembly Lines: The Complete Book, agora licenciado via Creative Commons. Esta é uma coleção de artigos do autor, Roger Wagner, publicados na Softalk Magazine, entre 1980 e 1983, e trata de programação Assembly do Apple II para iniciantes. São 456 páginas em capa dura, e no Lulu está disponível para venda.

Também do A2 Central temos um demo para o Apple IIgs, o Winter Demo, de autoria de Dagen Brock. Quer ver um vídeo? Clique aqui.

E por último, mas não menos importante, o David Schmenk (que vocês devem conhecer melhor quando falamos do PLASMA, aqui e aqui) resolveu fazer um port de algo realmente relevante para a sua tecnologia, misto de máquina virtual e compilador: ROGUE! Então, ficou curioso? Você pode ler a respeito nesse artigo aqui: Classic Rogue ported to PLASMA by David Schmenk. Se você quiser já executar o ROGUE no seu Apple II, clique aqui para baixar o arquivo.