Um recado pra você que quer um C64 portátil

Olhe fixamente para a imagem abaixo.

C64p

Não, não é um netbook rodando algum emulador de C64. Olha de novo.

C64p2

Já se convenceu que é um C641 num corpo de netbook?

Os responsáveis por reciclar C64 mortos em SD2IEC estão de volta com o C64p, o C64 portátil.

Um notebook, desses bem baratinhos, foi arrancado de tudo que não fosse carcaça, incluindo carregador (boa ideia pensar na segurança) e TFT (outra boa ideia, em geral esses painéis são vagabundos); no seu lugar foi colocado o C641, SD2IEC, interface de teclado e 3 PCBs custom fazendo uma pá de coisas e… tá, você se convenceu que…

Shut Up And Take My Money

Vai ter um batch saindo até o Natal! Venha aqui e coloque seu email na lista. E vá guardando o 13º.

(via)


  1. tecnicamente é um C64DTV, mas a mãe do C64DTV é a Jeri Ellsworth, seu argumento é inválido e se continuar reclamando vai se ver com o Juan. 

Mensagens escondidas nas telas do Speccy

agent-x_2Quando você pensa que já tinha visto de tudo nesse mundo, vem o mundo por trás pra te surpreender com alguma zoeira desconhecida! Sim, os desenhistas das telas de carregamento dos jogos de ZX Spectrum (e consequentemente, por herança e polimorfismo também de MSX) possuem “mensagens secretas” por detrás de todo aquele INK e PAPER.]

Algumas são inocentes referências assinaturas dos artistas mas outras parecem quase um manifesto, mas o que vale é a diversão (basta colocar o cursor do mouse sobre a imagem pra ver o que foi ocultado).

( Marcus Garrett no Retrocomputação do Google Groups )

 

Dica capitalista do dia

oldgamer2-capaTalvez você já tenha ouvido falar da revista OLD!Gamer, da Editora Europa. Segundo o próprio site, é uma revista bimestral dedicada exclusivamente ao segmento retrô dos videogames. Logo, o foco deles é: reportagens sobre videogames e jogos clássicos, entrevistas com gente da época, curiosidades, galerias de arte e outras coisas.

Pois então, a editora está com uma promoção bem interessante: 23 edições da revista, em formato digital, por R$ 19,90. Ou seja, menos de 1 real por edição, o que é uma pechincha.

Shut Up And Take My MoneyÉ, eu ainda não comprei a minha cópia… Mas vou comprar. E antes que alguém fale que não tem micro, olha o canto inferior esquerdo dessa edição que eu citei. Sim, MSX! E a matéria foi do nosso amigo fudeba e jornalista Rafael Rigues.

Então… Compareçam lá.

PS: Eu não esqueci de resenhar a Retrogamer britânica que ganhei do nosso ouvinte e amigo Ronivon Costa. Mas o farei em breve.

 

Skyscraper Tenoble

Skyscraper Tenoble é um jogo para MSX com temática que fica entre um filme B digno de Ed Wood e algum episódio lisérgico de Sailor Moon

O grande banco internacional chamado IAN ameaça liberar um vírus chamado U-SAM-AD, uma arma biológica criada para destruir a capacidade de luta das pessoas e assim domesticar todo o Japão (e consequentemente o mundo).

Você é a única pessoa capaz de manejar a espada sagrada Kusanazi e seu objetivo é fazer com que 太田胤子 (Ota Tane-ko), a líder de um tradicional grupo de dança, chegue ao topo do edifício — se ela dançar até as 6 da manhã o Japão estará salvo!!! (Hmmmm??)

Ei, eu disse que o enredo era meio doido.

( MSX.Org )

Dissecando o Flappy Bird, parte 2

E aqui voltamos para a segunda parte da dissecção do passarinho retardado que decidiu dar uma revoada por algum mundo perdido onde mora aquele encanador italiano daquela empresa japonesa. Nesta parte temos o desenho do pássaro, e a coisa mais importante em um jogo, a temporização.

capa dissecção

Não custa lembrar que o código fonte do jogo está disponível no GitHub, e sendo assim não irei replicá-lo, apenas citá-lo aqui.

Continuar lendo