Todos os posts de Cesar Cardoso

Retrohitz #151 – “512 Kbytes”, de Rodionov e Tikhomirov

http://www.retrocomputaria.com.br/wp-content/uploads/2013/02/retrohitz_vitrine_570x190.png

Este é o episódio 151 do Retrohitz.

Neste episódio, o disco 512 Kbytes, um disco duplo, de 1987, da dupla de pioneiros da música eletrônica na Rússia, Andrei Rodionov e Boris Tikhomirov,com o auxílio de um MSX 2, um Yamaha YIS-805.

Duração: 36 minutos

Lista de músicas:

  1. Prologue – I Am Onboard Computer
  2. We Are the Crew of New Formation
  3. Black Box
  4. Slot Machine
  5. Pulse
  6. In The Gravity Wave
  7. Personal Computer
  8. 512 KByte
  9. The Chess Computer
  10. In The Backtime Stream
  11. Epilogue

Download em ZIP

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Episódio 74 – What If… Atari e Apple – Parte B

retrocomputaria_vitrine_570x190

Uatu, o Vigia (Marvel Comics)Sobre o episódio

Realidades alternativas. Universos paralelos. Podia ser a Marvel ou a DC, mas é o Retrocomputaria transformando em podcast aquelas perguntas “e se…” que sempre rolam enquanto não estamos gravando.

Sorteamos e, olha só, Atari e Apple estavam juntinhas.

Nesta parte do episódio

Falamos dos Cenários Quatro, Cinco e Seis.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 74
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 45 minutos
  • Músicas de fundo: Não incluindo Waterloo, do ABBA
  • Download em ZIP

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

CALCULON/80

Computadores homebrew com chips clássicos não são nenhuma novidade. O que torna o CALCULON/80 diferente são algumas decisões de Jack Engqvist Johansson (J89):

  • Teria que ser capaz de rodar CP/M
  • Teria que ter suporte a GPIO, RS-232 e IDE
  • J89 documentou não apenas os esquemas, mas também as tomadas de decisão sobre o computador

O próximo passo é validar as decisões com o port do CP/M, mas mesmo no estado atual já vale a pena ver e ler.

(Adafruit)

Episódio 74 – What If… Atari e Apple – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Uatu, o Vigia (Marvel Comics)Sobre o episódio

Realidades alternativas. Universos paralelos. Podia ser a Marvel ou a DC, mas é o Retrocomputaria transformando em podcast aquelas perguntas “e se…” que sempre rolam enquanto não estamos gravando.

Sorteamos e, olha só, Atari e Apple estavam juntinhas.

Nesta parte do episódio

Falamos dos Cenários Zero, Um, Dois e Três.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 74
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 48 minutos
  • Músicas de fundo: Não incluindo Waterloo, do ABBA
  • Download em ZIP

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Prazer em conhecer, Ampere WS-1

Este micro aí de cima é o Ampere WS-1. Fabricado no Japão, com o mesmo designer do mais conhecido Datsun 240Z. Não saiu nos EUA, mas saiu na Europa e – claro – no Japão. Tão obscuro que só tem dois artigos na Wikipedia (e nenhum é em japonês).

Foi lançado em 1985 e suas especificações são bem “exóticas”: 68000 a 8MHz (e VMEbus), 64K de RAM expansível até 512K, 128K de ROM com o Big-DOS e o interpretador APL (isso mesmo, interpretador APL) e um gravador/leitor de fita cassete interno, além de suporte a cartuchos e drives externos.

O Computer History Museum preservou o manual do usuário e o manual de programação e, se você entende russo(!), tem um vídeo sobre ele.

Repórter Retro Nº 024

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 024
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 101 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas sortidas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.