Um vídeo na Akihabara BEEP

É o tipo de coisa que queríamos desde que fomos informados da abertura da loja.

(via)

7 comentários sobre “Um vídeo na Akihabara BEEP

    1. Cara, tem lojas que eu já visitei aqui no Brasil onde os videogames estão expostos exatamente assim, como a RPJ Games (Rio). E nunca roubaram nada. Mas convenhamos, a BEEP Shop é para ficar doido.

      Se bem q alguns dos itens que eu consegui ver o preço (como os T-R ST) eu achei caro. Eu tenho a teoria de que todo país que é uma ilha (Austrália, Grã-Bretanha, Japão, etc), as coisas são caras. Mas aí é uma questão de pedir uma avaliação dos especialistas em Yahoo!Auctions. 😉

    2. Talvez a BEEP seja de um amigo da Yakuza, aí o pessoal fica com medo… (brinks).
      Fora de brincadeira, há de se lembrar que no Japão eletrônicos são abundantes a tal ponto de haver, desde os anos 90, empresas especializadas em reciclar computadores e vídeo-games. Lembro de um documentário, dos anos 90, onde mostrava uma empresa nos arredores de Tóquio que, segundo o documentário, reciclava computadores e vendia peças deles para empresas que fabricavam calculadoras.

      1. Interessante, n sabia dessa.

        Agora, uma coisa q eu vi na Inglaterra tem uns 2 ou 3 anos, foram lojas de venda de produtos usados. E o que eu mais vi lá eram jogos de videogames, celulares e os próprios videogames mesmo. O preço era bem barato. Infelizmente n achei nenhum item clássico, mesmo porque eu já estava trazendo um MSX da Samsung na mala (obrigado, Ronivon!), então o espaço era limitado.

        Quanto à Yakuza, bem… Não reparei se alguém lá tinha a falange do dedo mindinho cortada. Alguém viu? =-O

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *