Desenho parcialmente italiano

Prologica_CP400
fonte: OLD-COMPUTERS

Lembram da piada do “desenho italiano”? Isto é a história utilizada pela Prológica para (tentar) valorizar as qualidades do CP400? Bem, hoje todos nós somos crescidinhos e sabemos que ele teve seu desenho copiado inspirado no Timex Sinclair 2068.

Bem, vamos dizer que esta história não é verdade mas, ao mesmo tempo não pode ser considerado uma mentira total… …aliás, gostaria de agradecer ao Datassette, OLD-COMPUTER, Vintage Ad Browser e pelas imagens utilizadas.

Este aqui é o M20, lançado no começo do ano de 1982 pela italiana Olivetti, este computador era equipado com processador Z8001 da ZILOG, rodava a frequência de 4MHz, vinha de fábrica com 128KiB de RAM instalados e servia para rodar CP/M 8000.

Olivetti_M20_System_2
fonte: OLD-COMPUTERS, lá a legenda diz “nice italian design”

O que tem? Os mais detalhistas já devem ter reparado mas vou ajudar mudando um pouco o ponto de vista:

Olivetti_M20
fonte: Vintage Ad Browser

Ainda não percebeu? Compare novamente com o CP400 e alguns acessórios:

Prologica_CP400_CP450
fonte: Micro Sistemas Nº44 (maio 1985), via Datassette

Sacou? Exatamente, o CP-400 não tinha desenho italiano mas o CP-450 sim! Em uma forte inspiração do M20 da Olivetti, até mesmo no “pescoço” que servia de base para o monitor.

Concorda? Discorda? Deixe sua opinião.

7 comentários sobre “Desenho parcialmente italiano

  1. O melhor é saber que podemos continuar a fazer as piadas com design italiano sem grandes dramas de consciência.

    1. O importante é que isto ajudou a descobrir a insistência da Prológica em arrumar o conjunto CP-400 & CP-450 de um modo irreal — vale lembrar que a interface de drive entraria pela frente, o flat cable precisaria chegar até a parte traseira da unidade e, claro, os conectores de força e de vídeo (no mínimo) ainda precisariam ser encaixados. 🙂

  2. Não entendi. O CP450 nada mais é do que uma unidade de disco, mais ou menos parecido com um gabinete de XT desktop da época. Não tem nada a ver com monitor embutido, se era essa a afirmação. O cabo do CP450 tem cerca de 40cm e entra pela frente da unidade. A base do CP450 tem um recuo de 7cm por 7cm de altura, o suficiente para montar algo como na foto, inclusive com os cabos conectados na traseira do CP400 normalmente, apesar de ser possivel notar que na foto ele nao esta com o cabo da unidade.

  3. Triste época da infame Lei de Reserva de Mercado.
    Copiava-se tudo de fora e cobrava-se um preço exorbitante para isso.
    Para proteger a indústria nacional…rs.
    Tsc…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *