Uma passada nas maluquices MSXzeiras coreanas

A Coreia do Sul pode não ter tido uma grande cena MSXzeira durante a época comercial do padrão, mas nos tempos atuais tem uma comunidade ativíssima, sempre se superando na arte.

***

De vez em quando falamos aqui dos experimentos da comunidade MSXzeira coreana com placas de OCM (e, toda vez, choramos com o fato deles não venderem pra fora da Coreia com medo de quem ainda tenha os direitos sobre as ROMs MSX). Graças ao MRC, temos o mais novo membro deste clube: o Zemmix Neo.

Os autores da belezura aí de cima, o grupo Retroteam Neo, só fez 100 destes OCMs com este belo case CNC emulando o Zemmix, a 260 dólares. E só. Só 100. Vendidos para a Coreia. E você não passou nem perto de comprar um deles. Tem um longo thread no forum do MRC pra quem não quer chorar sozinho.

***

Um dos que gostam de botar água na boca do resto do mundo é o usuário Painkilla, autor de diversos modelos de OCM. E que, agora, resolveu fazer seu próprio cartucho MIDI, a MIDI Interface 3, compatível com o TR GT e do tamanho de um cartucho Konami.

painkillamsxmidi1

***

E já que falamos de cartucho, que tal estes cartuchos pretos, brancos e transparentes de Overrich? E ainda são fáceis de abrir, para alegria dos desenvolvedores.

4 comentários sobre “Uma passada nas maluquices MSXzeiras coreanas

  1. Em retaliação, Vamos fazer um movimento pedindo pro Norte-Coreano testar logo aquele míssil ? Ou então pior, vamos ameaçar devolver o Kim pra eles 😉

  2. Em comunicado oficial a Organização das Nações Unidas informa que a Coreia do Norte poderá utilizar todo o armamento termonuclear que desejar porém a devolução do Kim está fora de cogitação 🙂

  3. Aliás, falando sério agora, a interface MIDI é bem simples e bem interessante; claro que falta a ROM com a extensão para o MSX-BASIC (nossa, como será que fica? como será que é?). Só acho que a colocação de dois conectores mini-DIN saindo da placa poderia ser melhor pensado… sei lá, um DB15! Mas no todo uma ideia bem interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *